Cassilândia, Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

06/12/2006 14:58

Investimento sucroalcooleiro pode chegar a R$ 8,9 bi

Dados do Conselho de Desenvolvimento Industrial do Estado (CDI), ligado à Secretaria da Produção e do Turismo (Seprotur), mostram que o setor sucroalcooleiro pode crescer 73,8% nos próximos anos, em relação ao número de indústrias instaladas. Isso significa que o setor deve investir no Estado cerca de R$ 8,9 bilhões com a geração de 66.863 empregos entre os 25 municípios envolvidos. Os números referem-se aos 42 projetos de investimentos protocolados junto ao CDI com pedidos de incentivos fiscais, dos quais cinco já estão em fase de instalação.

Se a previsão de investimento no setor sucroalcooleiro se confirmar, a área plantada de cana-de-açúcar no Estado pode chegar a ter um incremento de mais de 500%. Nesse caso a capacidade de moagem das usinas chegaria a 86,7 milhões de toneladas/ano com uma produção de cerca de 607 milhões de toneladas/ano de açúcar e 2,6 bilhões de litros/ano de álcool, entre anidro e hidratado. “O governo estadual vem conseguindo cumprir a política de desenvolvimento sustentável do Estado por meio da atração de novos investidores e a diversificação da base econômica sul-mato-grossense. A previsão de expansão do segmento sucroalcooleiro é o início de um trabalho que deve ser contínuo", comenta o secretário de Estado da Produção e do Turismo, João Cavalléro.

Atualmente Mato Grosso do Sul conta com 11 usinas instaladas em 10 municípios, sendo nove em pleno funcionamento (Alcoolvale – Aparecida do Taboado; Usina Maracaju – Maracaju; Usina Naviraí – Naviraí; Usina CBA - Sidrolândia; Usina Sonora – Sonora; Santa Fé – Nova Alvorada do Sul; Debrasa – Brasilândia; e Santa Helena – Nova Andradina) e outras duas que foram inauguradas este ano (Dourados Açúcar e Álcool – Dourados; e Usina Eldorado – Rio Brilhante).

Só na última safra a área plantada no Estado chegou a 180 mil hectares de cana-de-açúcar, com uma produção – nas unidades em funcionamento – de mais de 663,2 mil toneladas de açúcar e 770,4 milhões de litros de álcool anidro e hidratado. A oferta de emprego nessas unidades é de aproximadamente 18.000 postos de trabalho.


Câmara Setorial - Mato Grosso do Sul tem se destacado, nos últimos anos, no setor sucroalcoleiro nacional, não pela produção atual, mas pelas potencialidades existentes no cultivo da cana-de-açúcar, cujas plantações apresentam excelentes rendimentos e baixos custos de produção em comparação às médias verificadas nos demais estados da região Centro-Sul. A Câmara Setorial do Setor Sucroalcooleiro é uma das ferramentas responsáveis pela desenvoltura da atividade no Estado.

Hoje, além de fomentar a geração de emprego e distribuição de renda, a Câmara Setorial está, inclusive, trabalhando junto às empresas no sentido de preparar os municípios para receber tais empreendimentos. O coordenador da Câmara, Isaías Bernadini, explica que a expansão canavieira ordenada é, aliás, uma das preocupações das próprias empresas. “O rápido crescimentos das lavouras e das áreas industriais demanda por um desenvolvimento urbano compatível. Se a infra-estrutura nesses municípios é restrita, é necessário trabalharmos no sentido de prepará-los para tamanha expansão”, pondera Bernadini, afirmando que, inclusive, outros gargalos, como a capacitação de mão-de-obra especializada já vêm sendo discutida em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/AR-MS) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-MS).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 24 de Fevereiro de 2017
06:26
Loterias
06:23
Loterias
06:20
Loterias
06:15
Loterias
Quinta, 23 de Fevereiro de 2017
Quarta, 22 de Fevereiro de 2017
13:30
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Terça, 21 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)