Cassilândia, Terça-feira, 17 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

18/11/2005 12:56

Investimento em medicamentos cresce 45,5% em dois anos

Paulo Fernandes / Campo Grande News

O secretário estadual de Saúde, Matias Gonsales, afirmou que a previsão é de que os gastos com a Bolsa Medicamento pelo governo do Estado para os hospitais públicos e filantrópicos de Mato Grosso do Sul chegue a R$ 7,6 milhões em 2005. No ano passado, foram gastos R$ 5,5 milhões com a compra dos remédios. A previsão é de que os investimentos continuem aumentando. Em 2006, Gonsales estima que sejam gastos R$ 8 milhões com a compra dos remédios. O aumento do investimento em dois anos será de 45,5%.

Segundo o secretário, o aumento dos gastos com os medicamentos se deve a elevação do preço dos remédios e da quantidade de unidades de saúde. Os medicamentos são pagos com recursos do FIS (Fundo de Investimento Social).

Conforme Gonsales, 30% dos gastos dos hospitais são com medicamentos. A Bolsa Medicamento possui remédios básicos para o atendimento como soros, injeções, antibióticos e analgésicos. O governo do Estado também ajuda os hospitais com uma bolsa alimentação.

Foram entregues só para as unidades de saúde de Campo Grande, no ato desta sexta-feira, no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, 1.200 Bolsas Medicamento, no valor de R$ 1,2 milhão.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 17 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Segunda, 16 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 15 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)