Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

05/03/2009 15:21

Intervenção federal para o problema dos frigoríficos

24horasnews

Diante do caos provocado pelas demissões e fechamento de plantas frigoríficas em Mato Grosso, o deputado federal, Homero Pereira (PR-MT), levou o problema para ao Congresso Nacional e pediu intervenção do governo federal na tentativa de evitar um agravamento da crise no Estado.

Em pronunciamento, Homero afirmou que as 12 unidades desativadas comprometem a livre concorrência no setor, situação danosa aos pecuaristas do Estado. “Sem concorrência, o mercado se fecha e apenas um grupo dita normas e preços, o que já está provocando sérios prejuízos econômicos aos produtores. Não apenas isso, e não tem capacidade instalada para atender a demanda”, denunciou o parlamentar na tribuna da Câmara.

Nesta quinta-feira (05.03), o deputado se reuniu como ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, junto com o presidente Federação da Agricultura de Mato Grosso (Famato), Rui Prado, do qual cobrou uma posição ao problema.

Homero solicitou que o governo conceda aos frigoríficos tratamento parecido ao das empresas automobilísticas, para as quais reduziu impostos por um tempo determinado.

Outra solução, conforme o parlamentar, pode aplacar os problemas financeiras das indústrias da carne, é o governo efetuar o pagamento dos créditos tributários que as empresas tem a receber.

O deputado adverte ainda que Mato Grosso tem o maior rebanho bovino do país, sem as unidades , haverá um colapso em toda a cadeia produtiva da carne.

Stephanes informou estar acompanhando a situação, já se reuniu com empresários do ramo e eles prometeram entregar um panorama do problema em 30 dias.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)