Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

08/11/2008 14:10

Instrutores vão elaborar documento dizendo "não"

Wilson Aquino

Instrutores de trânsito de Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Corumbá, Ponta Porã e de outros municípios de Mato Grosso do Sul vão ajudar na elaboração de um documento que será encaminhado ao Contran (Conselho Nacional de Trânsito) e aos demais órgãos que legislam sobre trânsito no Brasil, reafirmando a desobediência à Resolução 285 (Contran) que estabelece que a partir de 1º de janeiro de 2009 os instrutores serão obrigados a sair pelas ruas das cidades na garupa de alunos aprendizes de motociclismo. Esse procedimento, como já ficou provado, segundo os instrutores, é altamente perigoso pois coloca em risco não só a vida dos alunos como também dos profissionais em transito.



O presidente do Sindicato dos Instrutores e Funcionários de Centro de Formação de Condutores de Mato Grosso do sul – SINDIF, Paulo Benites, informou que o encontro nacional dos instrutores será em Belo Horizonte no dia 15. Ele lembrou que a categoria já se reuniu uma vez, em outubro, em São Paulo, para discutir o assunto. Todos foram unânimes em afiançar que a resolução coloca a vida de instrutores e alunos em risco em todos os municípios brasileiros.



“Desta vez vamos elaborar esse documento e apresentar oficialmente ao Contran e demais órgãos que legislam sobre o trânsito no Brasil, nossa posição de não cumprir essa lei”, comentou Benites. Ele lembrou que recentemente em Costa Rica uma aluna que transitava pelas ruas da cidade com um instrutor na garupa acabou sofrendo um acidente e morreu. O instrutor ficou gravemente ferido. Exemplos como esses existem em todo o Brasil, desde que as escolas de transito passaram a obrigar os instrutores a antecederem o vigor da lei e irem para as ruas com os alunos.



Paulo Benites explicou ainda que mesmo nas áreas reservadas hoje para as aulas de motociclismo ocorrem acidentes graves com os alunos, “imagine se eles saírem para as ruas com trânsitos tumultuados como temos em todos os Estados?”, comentou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)