Cassilândia, Segunda-feira, 27 de Março de 2017

Últimas Notícias

17/06/2004 20:35

INSS deverá cortar amparo assistencial de 530 em MS

Maristela Brunetto / Campo Grande News

Com uma decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), o INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) não vai mais precisar pagar o benefício conhecido como amparo assistencial a pessoas que tinham conseguido o acesso por decisão judicial. Com isso, 530 beneficiários em Mato Grosso do Sul deverão deixar de receber o auxílio de um salário mínimo por mês. Porém isso só deve ocorrer após a análise de cada caso. No País, são 14,9 mil benefícios a serem reconsiderados.
O amparo foi instituído pela Loas (Lei Orgânica da Assistência), determinando como critério para acesso a idosos e portadores de deficiência cuja renda familiar per capita
seja de até um quarto do salário-mínimo, ou R$ 65,00 atualmente. As pessoas que conseguiram decisões judiciais estavam acima deste mínimo.
Deverão ser cortados em Campo Grande 488 benefícios; em Dourados são 16 benefícios; 10 em Coxim; 8 em Corumbá; 4 em Aquidauana; e em Três Lagoas e Nova Andradina, 2 benefícios cada. De janeiro a abril deste ano, o INSS utilizou R$ 2,36 bilhões para o pagamento dos amparos assistenciais, recurso do Fundo Nacional de
Assistência Social.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 27 de Março de 2017
Domingo, 26 de Março de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 25 de Março de 2017
21:10
Cassilândia
15:01
Curiosidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)