Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

19/11/2004 07:11

INSS: Dataprev prevê solução em até cinco dias

Caio d´Arcanchy/ABr

Brasília - A lentidão no atendimento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em alguns estados brasileiros deve ser solucionada dentro de três a cinco dias. A previsão é do presidente da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev), Jairo Cabral. Em entrevista coletiva à imprensa nesta quinta-feira, ele informou que o sistema de dados funciona com 70% de sua capacidade e que a Dataprev está constituindo um grupo de trabalho para prevenir panes como a que ocorreu nas últimas semanas.

A solução definitiva, segundo Cabral, depende de investimentos. "Nós precisamos não só melhorar os sistemas como também adquirir equipamentos novos, que possam suportar esses sistemas que dão problema hoje em dia", afirmou. Ele lembrou que a Dataprev ficou mais de sete anos sem receber recursos para investir em tecnologia: dos R$ 35 milhões previstos no orçamento para este ano, só R$ 4,9 milhões chegaram à empresa. "O INSS repassou, recentemente, recursos para custeio – não são recursos para investimentos", enfatizou.

Nas últimas semanas, o sistema do INSS vem registrando falhas freqüentes e, em alguns estados, o atendimento foi paralisado. O problema ocorre principalmente no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) e no Sistema de Administração de Benefícios por Incapacidade (Sabi), que responde pelo banco de dados de auxílios-doença e pela marcação de perícias médicas. Segundo Cabral, esse é o mais comprometido, porque os dados estão armazenados em diversos estados, muitas vezes em computadores obsoletos. O presidente da Dataprev informou que os dados estão sendo transferidos para um computador central, mas o problema "é difícil de resolver no curto prazo". Neste caso, ele prevê 15 dias para que o sistema esteja normalizado.

Em todos os estados brasileiros, o sistema do INSS está ativo, mas o atendimento em algumas cidades é lento. Em Minas Gerais e no Rio Grande do Sul, os segurados estão esperando até três horas pelo atendimento – o tempo normal é de 12 minutos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)