Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/06/2004 10:10

Inscrições para concurso até sexta-feira

Agência Brasil

A Defensoria Pública da União (DPU), órgão do Ministério da Justiça, prorrogou até sexta-feira (2/7) o prazo de inscrições ao concurso para defensor de segunda categoria (cargo inicial da carreira). Pela Internet, no site do Cespe/UnB (www.cespe.unb.br), a inscrição poderá ser feita até o dia 4 de julho, com pagamento da taxa de R$ 100 no dia seguinte.

O candidato que optar pela inscrição via Internet terá de pagar a taxa por meio de boleto bancário ou documento de arrecadação nas agências credenciadas da Caixa Econômica Federal relacionadas no edital do concurso, divulgado no dia 2.

Para concorrer a uma vaga de defensor público da União o candidato precisa ser bacharel em Direito, registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e dois anos de prática. Os aprovados no concurso terão remuneração inicial de R$ 3.779,34, salário que pode chegar a R$ 5 mil se somadas as gratificações.

O concurso terá três etapas: a primeira, de avaliações objetiva e discursiva de conhecimentos, a serem aplicadas em todos os estados e no Distrito Federal (DF); a objetiva, marcada para a manhã do dia 8 de agosto; e a discursiva, à tarde no mesmo dia. Os locais e horários das avaliações deverão ser divulgados pelo Cespe no mês de julho.

Neste segundo concurso público da DPU, cuja carreira foi criada pela Constituição de 1988 e regulamentada em 1994, as 14 vagas autorizadas para seleção serão regionalizadas. Foram abertas três oportunidades para o Centro-Oeste, uma para o Nordeste, quatro para a Região Norte, duas para o Sudeste e quatro para os estados do Sul. O candidato deverá efetuar uma única inscrição, optando por uma região de vaga. Conforme o edital, não serão aceitos pedidos de alteração da opção feita no ato da inscrição.

Um anteprojeto de lei está em análise na Secretaria de Gestão da Presidência da República e prevê o aumento do número de defensores da União em todas as categorias. Pela proposta, que precisará passar pelo Congresso Nacional, o quadro de pessoal da DPU será formado por 200 defensores de 2ª categoria, 50 de 1ª categoria e 30 defensores da categoria especial.

As informações são do Ministério da Justiça

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)