Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/04/2008 18:12

Infidelidade: TSE mantém no cargo deputado federal

TSE

O ministro Felix Fischer (foto), do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), julgou extinto, sem resolução do mérito, o pedido de decretação de perda do mandato do deputado federal Carlos Alberto Cavalcante de Souza (PP/AM). A ação de infidelidade partidária foi ajuizada por Roberto Carlos Ribeiro Pereira, eleito suplente na mesma coligação do parlamentar (PP/PTB/PMDB/PRTB/PMN).

De acordo com a decisão do ministro, o suplente não tem legitimidade para para pedir a perda do mandato porque o deputado Carlos Alberto deixou o PP e retornou à mesma legenda no prazo inferior a trinta dias e, nesse caso, o partido político é o único legitimado para requerer o mandato. O deputado saiu do partido em 24 de setembro de 2007 e voltou à agremiação em 4 de outubro do mesmo ano.

Na Petição (Pet 2780), o ministro afirma que “da interpretação do art. 1º, caput, e § 2º, da Resolução-TSE nº 22.610/2007, extrai-se que o partido político é o único legitimado para requerer a perda de mandato eletivo em decorrência de desfiliação e refiliação partidária quando este fato ocorrer em menos de trinta dias”.

Além disso, o ministro Felix Ficher afirma que o PP, que de acordo com a jurisprudência do TSE é o detentor do mandato eletivo, manifestou-se pela regularidade da filiação do deputado Carlos Alberto.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)