Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/10/2011 07:52

Infidelidade partidária: Vereadores podem perder mandato

24horasnews

Os vereadores por Cuiabá, Néviton Fagundes, Totó Cesar e Marcos Fabrício, recém-filiados ao PTB, correm o risco de perder os mandatos. Os parlamentares receberam a liberação dos partidos pelos quais militavam para ingressar em uma nova sigla.

Fagundes e Totó receberam um documento de liberação do PRTB e o mesmo aconteceu com Marcus Fabrício, ex-PP. Este último se encontra numa situação mais tranquila porque apesar de estar no exercício do mandato, ocupa a vaga no Legislativo no lugar de Levi de Andrade o Leve Levi, que está afastado da Câmara por mais 121 dias para tratamento de saúde.

A legislação eleitoral, conforme resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), entende que o mandato é do partido e não do vereador.

Apesar de todos os três terem recebido carta de liberação da sigla pela qual foi eleito, o Ministério Público Eleitoral (MPE) pode entrar com um pedido na Justiça Eleitoral requerendo o mandato dos três.

A resolução 22.610/07, que trata da infidelidade partidária, diz “que os deputados federais, estaduais e vereadores que mudaram de partido depois de 27 de março de 2007, sem justificar o motivo, devolvam os mandatos para os partidos que os elegeram”.

A norma também é válida para senadores que mudaram de partido depois de 16 de outubro de 2007. A saída de qual sigla tem que necessariamente ter uma justificava.

Embora tenham a liberação dos respectivos partidos, nada impede dos suplentes que tenham interesse no mandato em requisitar a vaga. No Estado, há casos recorrentes de o Ministério Público Eleitoral (MPE) ingressar com o pedido de perda de mandato.

EXEMPLO ANTERIOR

Em Mato Grosso, o caso de maior repercussão é do deputado Walter Rabello. Eleito deputado estadual em 2006 pelo PMDB, em 2007 ele trocou a sigla pelo PP e acabou perdendo o mandato de deputado estadual.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)