Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

01/07/2008 20:55

Infecção hospitalar já fez 49 vítimas no Mato Grosso

Da Rádio Nacional da Amazônia

Brasília - As infecções hospitalares provocadas por micobacterias de crescimento rápido já fizeram 49 vítimas em Cuiabá (MT). Também conhecidas como MCR, as infecções são contraídas por bactérias. O contágio ocorre em hospitais durante procedimentos cirúrgicos e vêm sendo apontadas como causa de cegueira, surdez, trombose e outras formas de comprometimento físico em pessoas de nível social e faixas etárias diversas.

De acordo com o infectologista da Secretaria Estadual de Saúde do Mato Grosso, Luciano Ribeiro, as micobactéria são resistentes ao butiraldeído, que é um dos materiais utilizados no processo de esterelização. "Elas são colonizantes da água, elas são encontradas na água, principalmente em tubulações.”

Segundo a diretora-geral do Centro Estadual de Referência de Média e Alta Complexidade (Cermac), Norma Carolina Silveira, 49 casos já foram confirmados no estado. Entre eles, o de um homem que se submeteu a uma cirurgia e morreu antes mesmo de começar o tratamento. Só neste ano foram nove casos, o mais recente em março.

Para combater o problema, a Secretaria Estadual de Saúde implantou, em junho de 2007, o Cermac, com o objetivo de dar cobertura ao tratamento. O órgão é integrado por infectologistas, enfermeiros, agentes sociais e psicólogos.

Os diagnósticos foram confirmados em cirurgias realizadas entre 28 de março de 2006 e 12 de junho de 2007. Norma diz que 29 pacientes já tiveram alta.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)