Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/07/2008 20:55

Infecção hospitalar já fez 49 vítimas no Mato Grosso

Da Rádio Nacional da Amazônia

Brasília - As infecções hospitalares provocadas por micobacterias de crescimento rápido já fizeram 49 vítimas em Cuiabá (MT). Também conhecidas como MCR, as infecções são contraídas por bactérias. O contágio ocorre em hospitais durante procedimentos cirúrgicos e vêm sendo apontadas como causa de cegueira, surdez, trombose e outras formas de comprometimento físico em pessoas de nível social e faixas etárias diversas.

De acordo com o infectologista da Secretaria Estadual de Saúde do Mato Grosso, Luciano Ribeiro, as micobactéria são resistentes ao butiraldeído, que é um dos materiais utilizados no processo de esterelização. "Elas são colonizantes da água, elas são encontradas na água, principalmente em tubulações.”

Segundo a diretora-geral do Centro Estadual de Referência de Média e Alta Complexidade (Cermac), Norma Carolina Silveira, 49 casos já foram confirmados no estado. Entre eles, o de um homem que se submeteu a uma cirurgia e morreu antes mesmo de começar o tratamento. Só neste ano foram nove casos, o mais recente em março.

Para combater o problema, a Secretaria Estadual de Saúde implantou, em junho de 2007, o Cermac, com o objetivo de dar cobertura ao tratamento. O órgão é integrado por infectologistas, enfermeiros, agentes sociais e psicólogos.

Os diagnósticos foram confirmados em cirurgias realizadas entre 28 de março de 2006 e 12 de junho de 2007. Norma diz que 29 pacientes já tiveram alta.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)