Cassilândia, Sábado, 30 de Maio de 2020

Últimas Notícias

28/03/2020 08:00

Indústria de brinquedos propõe doar brinquedotecas para cumprir condenação

TST

O ministro Cláudio Brandão, do Tribunal Superior do Trabalho, conduziu, nesta terça-feira (19), audiência de conciliação entre o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Starcom Nordeste Comércio e Indústria de Brinquedos Ltda. A empresa, integrante do grupo Brinquedos Estrela, responde a ação civil pública em razão de conduta antissindical contra integrante do sindicato representante dos empregados em Sergipe.

Condenada pelo juízo de segundo grau a pagar indenização de R$ 500 mil por dano moral coletivo, a indústria, no TST, propôs converter o valor na implantação de brinquedotecas. Na audiência de conciliação, o MPT sugeriu que metade do dinheiro fosse destinada às brinquedotecas e a outra parte à aquisição de caminhões para a coleta de materiais recicláveis. No entanto, os representantes da Estrela alegaram dificuldade de arcar com o custo dos veículos em função da queda no lucro da empresa motivada pela competição com o mercado internacional.

Levantamento para doação

Ainda sem analisar a possibilidade da aquisição dos veículos ou do pagamento de parte da indenização em dinheiro, o ministro decidiu, com as partes, solicitar levantamento de escolas públicas, hospitais públicos e entidades de acolhimento de crianças e adolescentes que poderiam receber as brinquedotecas.

A pesquisa será solicitada ao Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região e ao MPT a fim de identificar essas instituições e suas necessidades no Estado de Sergipe. A consulta também vai ocorrer junto ao órgão estadual responsável pela política de atendimento à criança e ao adolescente. Para efeito do pagamento da indenização, será considerado o preço de custo da fabricação dos brinquedos.

Depois da conclusão das diligências, a Starcom vai apresentar nova proposta de conciliação para debate em nova audiência.

(GS/CF)

Processos: AIRR-46-16.2013.5.20.0013

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 30 de Maio de 2020
Sexta, 29 de Maio de 2020
18:05
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)