Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/01/2004 11:05

Índios e fazendeiros prometem resistir em Roraima

Luciana Vasconcelos/ABr

A ordem em Boa Vista, capital de Roraima, é resistir. Fazendeiros e índios prometem não desistir da luta pelas terras da reserva indígena Raposa Serra do Sol. “Não podemos nos entregar. Estamos em guerra”, disse o fazendeiro Agenor Fátio, que tem plantações de arroz nas terras.

Desde terça-feira, manifestantes, entre eles posseiros, fazendeiros e índios, protestam contra a homologação contínua da reserva Raposa Serra do Sol. Eles querem que a área seja demarcada em forma de ilhas, deixando de fora cidades e fazendas produtivas. De acordo com outro fazendeiro, Paulo César Quartiero, isso representa 10% de uma área de 1,7 milhão de hectares.

A situação no estado é delicada. A reserva foi demarcada em 1998 e desde então espera pela homologação. Vivem na região cerca de 15 mil índios e quase 700 brancos. O ministro da Justiça, Márcio Thomas Bastos, esteve no estado no ano passado, visitou tribos e conversou com as lideranças. No final de dezembro, ele anunciou que as terras seriam homologas de forma contínua. A decisão não agradou a muitos, principalmente, os grandes produtores do estado e o próprio governo, que defende a homologação fatiada.

As estradas que dão acesso à capital foram bloqueadas na terça-feira e liberadas ontem. A sede do Incra, que foi invadida, também foi liberada. Três missionários feitos reféns foram soltos. A sede da Fundação Nacional do Índio (Funai) continua invadida. O maior temor do administrador substituto da Funai, Manuel Tavares, é que os índios a favor da homologação comecem a se manifestar. Por enquanto, eles continuam confiantes no governo federal.

“No momento, estamos tranqüilos e pedimos que o governo federal não volte atrás. Não vamos abrir mão e temos o apoio de várias organizações”, disse o coordenador do Conselho Indigenista de Roraima, Jacir José de Souza Macuxi. Apesar disso, ele afirmou que não vai desistir da luta. “Se tiver índio vivo, vai incomodar”, ressaltou.

Os fazendeiros acreditam que a economia do estado vai ficar abalada se a reserva for homologada como planejado. “Temos dois municípios dentro da área, com grandes áreas produtivas, plantadores de melancia, plantadores de banana. Temos pequenos e grandes produtores. Não é possível que toda essa área tenha que ser destinada à comunidade indígena, porque eles mesmos não querem”, disse Agenor.

Quartiero, por sua vez, acredita que haja um complô para acabar com o estado. “Ongueiros tomaram conta de tudo”, ressaltou. Ele acha que o governo federal deve dar mais apoio ao estado. “Roraima é Roraima, não é Robaima. Não é gafonhoto, não é ongueiro, aqui tem gente. Gente brasileira que está guarnecendo a fronteira deste rincão”, destacou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)