Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/07/2005 09:33

Índios de MS vão receber alimentos do Governo Federal

Alessandra Bastos/ABr

Duas mil e quinhentas pessoas de comunidades indígenas em situação de desnutrição no Mato Grosso do Sul vão receber 87 toneladas de alimentos do estoque do programa Fome Zero. Os produtos serão encaminhados ao estado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Outras 1.600 cestas básicas também vão ser entregues pela Conab. Os beneficiários são famílias castigadas pela seca no Ceará.

Segundo o secretário de Agricultura do Ceará, Carlos Matos, a maior parte da safra agrícola já está perdida. Dos 184 municípios do estado, apenas oito não tiveram perda; 85 perderam mais de 60% da produção e o restante, entre 30% e 50%. Sem dinheiro para saldar dívidas, para comprar alimentos e sem água potável, os agricultores dependem agora da ajuda do governo federal.

Já no Mato Grosso do Sul, de acordo com a Conab, o objetivo é que as doações emergenciais sejam, aos poucos, substituídas por ações estruturantes. Para isso, o governo quer desenvolver, junto às comunidades indígenas de Dourados (MS) o projeto Quintais de Subsistência e a Horta Familiar. Por meio do projeto, as comunidades devem aprender a cultivar hortas e pomares, plantando arroz, amendoim e mandioca, além de árvores frutíferas. A idéia é que o trabalho seja feito também nas escolas.

A distribuição dos alimentos às comunidades indígenas do Mato Grossodo Sul e aos flagelados da seca começou neste fim semana, com a colaboração da Fundação Nacional do Índio (Funai), Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e Defesa Civil. Somente em 2005 os índios sul-mato-grossenses receberam da Conab 190 toneladas de produtos alimentícios. No total, a Companhia já distribuiu este ano no país cerca de 14 mil toneladas de mercadorias a comunidades em estado de insegurança alimentar (acampados, quilombolas, indígenas e vítimas de secas e enchentes).

Com informações da Conab

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)