Cassilândia, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018

Últimas Notícias

31/10/2009 11:10

Índio é preso depois de tentativa de estupro

Campo Grande News/ Aline Canassa

Um indígena foi preso ontem à noite acusado de tentar estuprar uma mulher em Amambai, cidade a 347 quilômetros da Capital.

Pedro Goulart, de 20 anos, tentou estuprar uma mulher na região de chácaras, mas a vítima conseguiu gritar e foi socorrida por outros moradores.

O indígena tentou se esconder da polícia subindo em uma árvore, em uma mata virgem existente na região, mas acabou localizado e preso.

Segundo o site A Gazeta News, a Polícia Militar informou que, depois de preso, o indígena afirmou que havia consumido bebida alcoólica antes de tentar cometer o crime.

Pedro estava preso desde junho do ano passado e havia acabado de receber o beneficio do regime semi-aberto. Ele tinha sido condenado a 5 anos e 6 meses de prisão por tráficos de drogas, acusado de vender drogas na Aldeia Amambai, a aldeia mais populosa da região, com cerca de 7 mil índios.

Ontem, ao sair do presídio para prestar serviço para a Prefeitura de Amambaí - programa de parceria entre a Prefeitura local e o Poder Judiciário – não voltou para o presídio no final da tarde, como deve acontecer com os beneficiados pelo programa, e tentou estuprar a mulher.

Agora, além de perder o benefício do regime semi-aberto, Pedro vai responder a outro processo por conta do ato cometido nessa sexta. (Com informações do site A Gazeta News)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)