Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/02/2005 16:39

Indígenas pedem criação de coordenadoria em MS

Cristiane Gutierrez / Campo Grande News

Lideranças indígenas de Mato Grosso do Sul reunidos hoje no auditório da Governadoria, em Campo Grande, pediram a criação de uma coordenadoria com políticas específicas para os indígenas do Estado. A reivindicação será encaminhada ao governador Zeca do PT, de acordo com informações da Agência Popular.
O índios estiveram reunidos com o secretário de Estado de Coordenação Geral do Governo, Raufi Marques.
Na ocasião, o membro do Conselho Distrital de Saúde Indígena, Elizur Gabriel, terena da aldeia Buriti, em Sidrolândia destacou atuação da União e do Estado no setor indígena, que “levantou a auto-estima da nossa comunidade. Hoje temos nossa estima levantada”.
Elizur enumerou ainda três principais problemas enfrentados pelos índios sul-mato-grossenses: terra, saúde e educação. Segundo o terena, no município há 18 mil hectares de terras indígenas que ainda não foram demarcados.
Já a índia guarani Maria Regina, da aldeia Jaguapiru, em Dourados, disse que todas as aldeias indígenas do Estado tem seus problemas e reafirmou o que vem sendo dito há semana pelo prefeito de Dourados, Laerte Tetila (PT), de que, do município há apenas uma criança indígena em tratamento no Centro de Recuperação Nutricional da Missão Evangélica, na aldeia Jaguapiru. Ela não concorda com a forma pela qual foi mostrado a desnutrição indígena. “Não é bom o que está aparecendo [na imprensa]”.
A falta de terra também foi apontada por Regina com o principal problema dos índios na reserva de Dourados, onde vivem 11.050 guarani, caiuá e terena em 3,6 mil hectares. “A terra é nossa mãe”, definiu.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)