Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

20/06/2006 10:53

Índice Geral de Preços - 10 registra alta em junho

Adriana Brendler/ABr

O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10) teve alta de 0,57% no mês de junho. O resultado divulgado hoje (20) pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) ficou 0,21 ponto percentual acima da variação registrada em maio (0,36%). O IGP-10 mede a evolução de preços no período compreendido entre o dia 11 do mês anterior e o dia 10 do mês atual.

De acordo com os dados da FGV, dois dos três índices que compõem o IGP-10 aceleraram. O Índice de Preços por Atacado (IPA), que pesa 60% na composição do IGP-10, teve variação de 0,77% em junho contra 0,36% registrados em maio. Também houve aumento no Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), responsável por 10% do IGP-10, que passou de 0,49% em maio para 1,75% em junho.

Por outro lado, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que representa 30% do IGP-10, registrou deflação de 0,39%. A redução foi de 0,69 ponto percentual em relação ao mês passado quando a taxa ficou em 0,30%. As maiores contribuições para este decréscimo vieram dos grupos Alimentação e Transportes, por causa da redução dos preços das hortaliças e legumes, das frutas e também do álcool combustível.

Entre os itens que compõem a variação dos preços no atacado, a maior aceleração foi observada nas Matérias-Primas Brutas (que passaram de 0,22% em maio para 2,20% em junho). A maior influência foi dos aumentos nas matérias-primas agropecuárias, principalmente nos preços da soja em grão, das aves e da cana-de-açúcar.

Também houve alta na taxa dos Bens Intermediários (de 0,76% em maio para 1,33% em junho), com destaque para o subgrupo materiais e componentes para a construção.

A variação dos Bens Finais movimentou-se em sentido contrário, mostrando redução nos preços que fazem parte desse item. A deflação, ainda maior do que a apurada em maio, foi puxada principalmente pela desaceleração nos preços dos alimentos in natura e dos combustíveis.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)