Cassilândia, Domingo, 20 de Maio de 2018

Últimas Notícias

17/12/2009 16:48

Índice de suicídio no Brasil cresceu, mas ainda é considerado baixo para média mundial

Agência Notisa

É o que mostra estudo que investigou os registros do SUS durante 26 anos.

Uma análise epidemiológica dos índices de suicídio registrados entre 1980 e 2006 nas regiões e capitais estaduais do país revela que houve um crescimento de 4,4 para 5,7 mortes por 100 mil habitantes (29,5%). No artigo publicado em outubro deste ano na Revista Brasileira de Psiquiatria, Giovanni Lovisi e colegas afirmam que foram contabilizados 158.952 casos de suicídio. Os dados foram coletados no Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde.

Os autores verificaram que nas regiões Sul e Centro-Oeste foram observados os maiores índices médios de suicídio, 9,3 e 6,1, respectivamente. Além disso, perceberam que os homens são os que têm maior probabilidade de cometer suicídio e a faixa etária com maior número de casos foi a de 70 anos ou mais. Porém, os índices aumentaram mais entre sujeitos de 20 e 59 anos de idade.

Com relação às características sociodemográficas, os pesquisadores observaram que as pessoas que cometeram suicídio durante o período estudado tinham principalmente baixo nível educacional e eram solteiras. O enforcamento, as armas de fogo e envenenamento foram os métodos mais utilizados.

Os autores destacam que mesmo havendo um aumento de casos de suicídios nos 26 anos investigados, o índice ainda é considerado baixo se comparado aos índices de suicídio mundiais, por exemplo, de países europeus como Lituânia cuja taxa é de 51,6 por 100 mil habitantes. Também ficamos atrás de países da América, por exemplo, Canadá, Uruguai e Argentina com taxas de 15; 12,8 e 8,7 por 100 mil habitantes, respectivamente. Eles ressaltam ainda que no Brasil há grande variação entre as regiões observadas.

Para ler o artigo sobre o estudo acesse: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-44462009000600007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt



Agência Notisa (science journalism – jornalismo científico)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
Sábado, 19 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Sexta, 18 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)