Cassilândia, Quarta-feira, 26 de Abril de 2017

Últimas Notícias

03/11/2004 08:41

Índice de cheques devolvidos caiu 8,2%

Flavia Albuquerque/Campo Grande News

São Paulo – O índice de cheques devolvidos no terceiro trimestre deste ano foi 8,2% inferior ao do mesmo período do ano passado, de acordo com a pesquisa Telecheque. No terceiro trimestre de 2004 o índice registrado foi de 2,22%, contra 2,42% do mesmo período de 2003. Em relação ao trimestre anterior, quando 2,33% dos cheques foram devolvidos, a queda foi de 4,7%.

Segundo o vice-presidente da Telecheque, José Antônio Praxedes Neto, a queda está associada ao cenário econômico favorável do período, com a melhora dos índices de desemprego, o aumento do poder de compra do trabalhador e o pagamento das dívidas dos consumidores. "Os estados que apresentaram os menores índices de inadimplência foram Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. Em Santa Catarina o índice de cheques devolvidos foi de 1,43%, baixa de 15,8% no comparativo com o 3º trimestre de 2003 (1,70%)", diz.

Praxedes explica que os estados do Sul têm registrado os menores índices de inadimplência porque os consumidores da região tendem a fazer compras com menores prazos para pagamento. De todos os estados pesquisados, o Paraná, além de apresentar o segundo menor índice de cheques devolvidos (1,50%), registrou a maior queda da inadimplência, se comparado com o mesmo período do ano passado (2,30%). A baixa foi de 34,7%. Se for comparado ao indicador do trimestre anterior (1,45%), houve alta de 3,4%.

Os índices mais altos foram registrados no Rio Grande do Norte, Amazonas e Paraíba. No Rio Grande do Norte, o índice de inadimplência com cheques foi de 4,04% - uma alta de 6,30% no comparativo com o terceiro trimestre de 2003 (3,83%) e de 25,5% em relação ao segundo trimestre deste ano (3,22%).

O estado de São Paulo registrou índice de inadimplência de 2,67% - superior 10,70% em relação ao terceiro trimestre do ano passado (2,41%), a segunda maior alta do Brasil. Comparado ao índice de cheques devolvidos do trimestre anterior (2,65%), a inadimplência no estado subiu 0,75%.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 26 de Abril de 2017
Terça, 25 de Abril de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)