Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/08/2007 19:14

Índia atacada passou por cirurgias na cabeça e mão

Maristela Brunetto/Campo Grande News

Adélia Garcia Garcette, 37 anos, indígena moradora da aldeia Bororó agredida a golpes de facão nesta madrugada, passou por cirurgias no Hospital Evangélico de Dourados, onde está internada em estado de coma, entubada e inconsciente.

Ele precisou passar por uma cirurgia no crânio.Um dos golpes desferidos atingiu a cabeça de Adélia, a ponto de arrancar-lhe o olho esquerdo. Em outra investida, a mão esquerda foi praticamente decepada. Ela precisou de uma cirurgia para a amputação de quatro dedos que ficaram mutilados. Ela teria tido ainda a outra mão cortada com um golpe.

A indígena ficou por horas agonizando até ser socorrida. A reportagem do Campo Grande News que quando ela foi atacada, estava com uma filha de oito anos e um bebê de oito dias em casa. A menina fugiu com o irmão para o mato e voltou somente ao amanhecer, quando pediu por socorro.

Foi apontado como autor do ataque Aristides Soares, 30 anos. Ela teria dito que ele seria o pai do bebê, motivação apontada por Soares para o crime. Ele foi à casa dela com Uezênia Savala, também presa e dois adolescentes, cuja envolvimento não era ainda confirmado.

Soares tem antecedente de violência na aldeia. Ele seria o responsável pelos tiros que no começo do mês feriram quatro pessoas, incluindo um bebê. No caso desta madrugada, ele disse que consumia bebida alcoólica quando decidiu atacar Adélia.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)