Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/08/2012 15:34

Incêndio: colecionar perde obras importantes

Paulo Vírgilio, Agência Brasil

Rio de Janeiro – Peritos do Instituto de Criminalística Carlos Eboli (ICCE) da Polícia Civil do Rio fizeram na manhã de hoje (14) a perícia do incêndio ocorrido na noite de ontem (13) no apartamento do marchand e colecionador de arte Jean Boghici.

O apartamento de Boghici fica no 12º andar do prédio 193, da Rua Barata Ribeiro, em Copacabana, zona sul do Rio e ficou sob chamas por mais de duas horas. A Polícia Civil informou que o laudo pericial deverá ficar pronto em 15 dias. Segundo o Corpo de Bombeiros, o fogo pode ter sido causado por um curto-circuito em um dos aparelhos de ar-condicionado do apartamento.

O incêndio, que chegou a obrigar o fechamento do tráfego na Rua Barata Ribeiro, destruiu grande parte de uma das mais importantes coleções de obras de arte do país, formada a partir dos anos 60 por Boghici, romeno radicado no Brasil e um dos pioneiros do mercado de arte no Rio de Janeiro. O marchand, sua mulher, a francesa Geneviéve Boghici, e a filha conseguiram deixar o apartamento, uma cobertura duplex, sem sofrer ferimentos.

Peritos de uma seguradora estão no apartamento, para uma primeira avaliação do que foi perdido no vasto acervo do colecionador, que inclui importantes obras das artes plásticas brasileiras do século 20, entre elas os quadros Samba, de Di Cavalcanti e O Sol Poente, de Tarsila do Amaral. Também fazem parte da coleção obras de artistas internacionais, como Amedeo Modigliani (pinturas) e Alexander Calder e Auguste Rodin (esculturas).

Dono de uma galeria de arte que leva seu nome, em Ipanema, também na zona sul do Rio, Jean Boghici contribuiu para a formação do acervo de vários outros colecionadores. Cento e oitenta dessas obras estavam sendo selecionadas para serem expostas no futuro Museu de Arte do Rio (Mar), na zona portuária da cidade, com inauguração prevista para o final do ano.

Edição: Lana Cristina

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)