Cassilândia, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018

Últimas Notícias

18/01/2006 14:13

Inadimplência não implica em cancelamento de matrícula

Rosângela Maria - STJ

Universidades não podem cancelar matrícula de aluno, durante o período letivo, por falta de pagamento de mensalidade, de acordo com o artigo 6º da Lei 9.870/99. Com essa consideração, o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Edson Vidigal, concedeu liminar à estudante Pauline Veronez, da Universidade do Vale do Itajaí (SC), que tem a formatura marcada para o dia 4 de fevereiro.

Matriculada no penúltimo semestre do curso de Administração, a estudante atrasou o pagamento de parcelas referentes ao mês de janeiro e fevereiro de 2005, devido a problemas financeiros causados pelo desemprego dos pais. Por causa disso, a universidade cancelou a matrícula da aluna.

Mesmo assim, a estudante cursou o referido semestre, fazendo as provas e trabalhos referentes ao período letivo. Entrou, então, na Justiça, com um mandado de segurança pedindo a revisão do ato de cancelamento por inadimplência. Em primeira instância, o juiz negou o pedido. A estudante insistiu, com apelação dirigida ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região. Tendo o pedido novamente negado, a aluna recorreu ao STJ com a medida cautelar.

Segundo a defesa, a demora na concessão da liminar poderá lhe trazer danos de difícil reparação, pois a formatura será realizada no próximo dia 4. Afirmou, também, que não haverá qualquer prejuízo à instituição de ensino em a estudante concluir o curso juntamente com a turma com a qual ingressou na universidade, tendo em vista que assistiu às aulas e possui carga horária necessária para a conclusão do semestre, na forma que a instituição exige.

Ainda segundo a estudante, em momento algum recusou-se a pagar, tendo apenas atrasado as duas mensalidades do semestre, não podendo, por isso, ser impedida de concluir o curso, prejuízo este de difícil reparação.

O presidente do STJ, ministro Edson Vidigal, concedeu a liminar. "Parecem-me relevantes e adequados os fundamentos norteadores da fumaça do bom direito e do perigo da demora demonstrados na inicial e na documentação juntada aos autos", considerou. "O perigo da demora da tutela jurisdicional se apresenta inconteste, diante da urgente necessidade de medida acautelatória para se evitar o perecimento do direito, tendo em vista que a realização da formatura da turma (...) está marcada para se realizar no dia 4/2/2006", acrescentou.

Segundo o ministro, as razões do recurso especial parecem ter provável êxito, seja por não haver dúvidas quanto à impossibilidade de cancelamento da matrícula por inadimplência, no decurso do período letivo, seja porque a tese defendida pela aluna está em harmonia com a jurisprudência do STJ sobre o assunto. "O inadimplemento do pagamento das prestações escolares pelos alunos não pode gerar a aplicação de penalidades pedagógicas, assim como a suspensão de provas ou retenção de documentos escolares", asseverou. "Neste caso, como a requerente está terminando o curso superior de Administração, poder-se-ia concluir pela incidência da denominada Teoria do Fato Consumado", completou o ministro Edson Vidigal.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 23 de Maio de 2018
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)