Cassilândia, Sábado, 25 de Maio de 2019

Últimas Notícias

11/05/2019 10:20

Imunização contra gripe ainda não atingiu metade da meta

Correio do Estado

 

Em 30 dias de campanha de vacinação contra a gripe, a imunização não atingiu nem metade do grupo de risco presente em Campo Grande. De acordo com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), a vacinação atingiu 48,71% de cobertura, segundo o Boletim divulgado nesta sexta-feira (10) pela Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS).

Foram vacinadas 113.034 pessoas entre os dias 10 de abril e 8 de maio e a meta é vacinar 90% do público alvo estimado em pouco mais de 232 mil pessoas. As menores coberturas estão entre os policiais civis, militares, bombeiros, membros ativos das Forças Armadas (9,79%) e trabalhadores da saúde (29,51%).

A maior procura é por parte dos idosos. Neste grupo 63,98% da meta já foi atingida. Dos 80.080 aptos a tomar a vacina, 51.235 receberam as doses. Na sequência, as puérperas (mulheres até 45 dias após o parto) representam 56,62%, sendo 958 imunizadas, e as crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias) com 54,98% de cobertura, sendo 36.049 imunizadas.

FIM DE SEMANA

No sábado (11) e domingo (12) os quatro Centros Regionais de Saúde (CRS) Nova Bahia, Aero Rancho, Tiradentes e Coophavilla prosseguem com a vacinação do grupo de risco determinado pelo Ministério da Saúde. A orientação é que, preferencialmente, o indivíduo procure a UBS/UBSF mais próxima da residência durante a semana, mas se não houver disponibilidade, as salas abertas aos fins de semana é uma oportunidade das pessoas se imunizarem.

As 68 unidades básicas de saúde e de saúde da família (UBS/UBSF) funcionam de segunda a sexta-feira e as salas de vacinação ficam abertas de acordo com o horário estabelecido para cada local. O indivíduo que se enquadra nos critérios para receber a dose, deve procurar a unidade mais próxima da residência para orientação e aplicação da vacina.

GRUPO DE RISCO

Podem receber a dose da vacina idosos com 60 anos ou mais de idade; as puérperas (mulheres até 45 dias após o parto); os trabalhadores de saúde; os povos indígenas; os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; e, os professores de escolas públicas e particulares; as crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias); as gestantes; e, os policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas. Os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e a população privada de liberdade, bom como os funcionários do sistema prisional serão imunizados em esquema programado pela Sesau.

Para receber a dose, todos os públicos do grupo prioritário devem apresentar o Cartão Nacional de Saúde (CNS) e/ou número prontuário da rede de saúde de Campo Grande (Hygia); documento pessoal de identificação; e, a caderneta de vacinação (caso tenha).

Além dos documentos exigidos para todos, os profissionais de saúde devem apresentar a carteira de conselho ou holerite; as gestantes e puérperas: cartão da gestante, laudo médico ou exames com identificação; os indígenas: cadastro na SESAI; e os os policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas: documentos comprobatórios que informe a condição de policial civil ou militar. O controle mais rigoroso para imunizar as pessoas do grupo de risco é para atender as recomendações do Ministério da Saúde, que não irá disponibilizar doses extras.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 25 de Maio de 2019
Sexta, 24 de Maio de 2019
10:00
Receita do Dia
07:20
Atenção motoristas e ciclistas
Quinta, 23 de Maio de 2019
22:00
Loterias
21:45
Loterias
21:42
Loterias
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)