Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

21/03/2011 14:55

Imprensa dos EUA volta a criticar visita de Obama

Agência Brasil/Paula Laboissière e Renata Giraldi

O segundo e último dia da visita do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ao Brasil ganhou destaque na imprensa dos Estados Unidos de forma crítica. Para os principais veículos de comunicação norte-americanos, Obama visitou o Rio de Janeiro em clima de \"férias de verão\", para conhecer a cultura brasileira. O jornal Washington Post avaliou que a viagem de Obama pela América do Sul está sendo ofuscada pela crise na Líbia. O veículo ressaltou que, no discurso feito no Rio de Janeiro, Obama citou a Líbia apenas uma vez, mas não comentou as operações militares no país.

A rede de notícias Fox questionou se este seria mesmo o melhor momento para o que chamou de \"viagem de férias de verão\" do presidente e da família dele. A rede de TV avaliou que Obama não deveria “relaxar” diante das crises na Líbia e no Japão, citando ainda a “problemática economia norte-americana”.

O jornal Los Angeles Times afirmou que o presidente dos Estados Unidos faz “malabarismos” ao tentar gerenciar, de forma simultânea, a crise na Líbia e a abertura de negócios no Brasil e em outros países da América Latina.

O diário New York Times considerou que, em meio ao segundo dia de bombardeios na Líbia após o anúncio de cessar-fogo de Muammar Khadafi, Obama tentou projetar um ar de normalidade e minimizar o papel dos Estados Unidos na crise. No sábado, a mídia norte-americana já havia classificado como \"inoportuna\" a visita de Obama ao Brasil. Um dos argumentos foi a abstenção do Brasil, no Conselho de Segurança das Nações Unidas, na votação da resolução que criou a zona de exclusão aérea na Líbia e permitiu o uso da força militar contra as tropas de Khadafi.

No mesmo dia, a imprensa dos Estados Unidos manifestou descontentamento também com a presidenta Dilma Rousseff, por ela ter se recusado, assim como Obama, a responder perguntas da imprensa. Os jornais elogiaram, no entanto, a franqueza da presidenta brasileira nas críticas à política americana de dólar barato, barreiras comerciais e subsídios agrícolas.

Edição: Vinicius Doria

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)