Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/11/2004 13:48

Imposto sobre o couro causa prejuízos à pecuária

Famasul Noticías

A queda do preço do wet blue tende a ser repassada aos pecuaristas, uma vez que a receita do frigorífico, com a venda de um couro cru de 40 quilos, representa 12 por cento, em média, do valor pago ao ermpresário rural por um boi gordo de 16 arrobas. Assim, a taxação representa uma transferência de renda dos pecuristas rurais para as indústrias de calçados, que se beneficiam da compra do couro wet blue a preços artificialmente baixos, em razão da taxação das exportações.

Além do mais, a queda dos preços do wet blue contribui para perpetuar a baixa qualidade do couro brasileiro, que vale cerca de 50 por cento do valor negociado pelo couro produzido nos Estados Unidos. Após três anos e meio de implementação do Imposto de Exportações (IE) sobre os couros wet blue e salgado, constata-se que a taxação não alcançou seus objetivos e ainda vem causando grandes prejuízos à cadeia produtiva da pecuária de corte. O IE sobre os couros salgados e wet blue, com alíquota de 9 por cento, foi instituído pelo Decreto nº 3.684, de 8/12/2000. No dia 15 de janeiro deste ano, por meio da Resolução Camex nº 1, a alíquota do IE foi fixada em 7 por cento, para vigorar até 31/12/2004.


Autor:
Jornal Opção – Goiânia / GO

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)