Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

11/05/2015 17:21

Imposto de quem produz a própria energia poderá ser menor

Agência CNM
Imposto de quem produz a própria energia poderá ser menor

Um projeto em tramitação no Senado estabelece Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) reduzido para quem investe na geração própria de energia. A matéria deve ser analisada pela Comissão de Infraestrutura da Casa nesta quarta-feira, 13 de maio.

O autor é o senador Valdir Raupp (PMDB-RO). Para ele, tanto as pessoas quanto as empresas que produzirem energia por conta própria deveriam receber vantagens econômicas. Como exemplo, o senador cita o Estado de Rondônia, onde é comum as fazendas desenvolverem pequenas hidrelétricas para o fornecimento de energia.

Na opinião do autor do projeto, o Brasil deve investir na desconcentração das unidades geradoras de energia. "A grande vantagem da geração distribuída em relação à geração concentrada é exatamente a redução de perdas e a diminuição dos investimentos em redes de transmissão e de distribuição”, afirma na justificativa do projeto, o PLS 249/2014.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) criou condições regulatórias para que pessoas ou empresas invistam em novos modelos de energia. Todavia, o parlamentar explica que o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) estaria prejudicando esse desenvolvimento. O órgão estaria cobrando ICMS inclusive sobre o montante de energia produzido pelas empresas e residências. Quando, na verdade, deveria tributar apenas o excedente vendido pelas concessionárias.

Injustiça

Relator da proposta na CI, o senador Acir Gurgacz (PDT-RO) afirmou que a aprovação da proposta corrige uma injustiça com os pequenos produtores enquadrados na geração distribuída e contribui para acelerar a implementação da Política Energética Nacional.

Se aprovada na Comissão de Infraestrutura, a proposta segue para análise na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

Agência CNM, com informações da Agência Senado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)