Cassilândia, Sábado, 24 de Junho de 2017

Últimas Notícias

13/08/2004 14:37

Importante o apoio familiar para adolescentes grávidas

Agência Notisa

A gravidez na adolescência constitui-se em uma experiência emocionalmente difícil, podendo gerar baixa auto-estima, altos níveis de estresse, poucas expectativas frente ao futuro e sintomas depressivos. Essa é a conclusão de um estudo realizado por pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz que buscaram verificar a associação entre gravidez precoce e as repercussões emocionais negativas na vida de 1.228 adolescentes de 12 a 19 anos de idade.

De acordo com artigo publicado em 2004 nos Cadernos de Saúde Pública (vol.20 supl.1), “a responsabilidade precoce imposta pela gravidez, paralela a um processo de amadurecimento, ainda em curso, resulta em uma adolescente mal preparada para assumir as responsabilidades psicológicas, sociais e econômicas que a maternidade envolve”. Além disso, os pesquisadores explicam que instabilidade das relações conjugais também contribui para a ocorrência de prejuízos emocionais e até mesmo de transtornos de ordem afetiva, muitas vezes agravados por um ambiente familiar pouco acolhedor e muito mobilizado pela notícia da gestação.

Através do estudo, a equipe constatou que cerca de 25% das adolescentes apresentaram autovalorização negativa, pouca ou nenhuma expectativa em relação ao futuro e grande sofrimento psíquico. Os efeitos negativos foram maiores principalmente entre aquelas que estavam fora da escola, que não desejavam a gestação e entre aquelas cujas famílias reagiram mal à gravidez. Os pesquisadores explicam que “o aspecto familiar e a motivação para a gravidez constituem importantes influências no modo como a adolescente lida com as expectativas de futuro e que pode comprometer inclusive a relação mãe-bebê”. Ou seja, uma baixa aceitação familiar acaba gerando maior sofrimento para as adolescentes, que no momento necessitariam de muito apoio emocional.

Por isso, a equipe ressalta que “profissionais habilitados ao manejo de aspectos emocionais devem ser incluídos na formulação de políticas públicas, que visem tanto à prevenção da gestação em adolescentes, quanto ao atendimento desta população específica na rede assistencial, visando, desse modo, a minimizar as conseqüências emocionais negativas da gravidez precoce”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 23 de Junho de 2017
Quinta, 22 de Junho de 2017
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)