Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/09/2005 13:38

Impasse prejudicou negociações na Fetems, diz candidato

Inara Silva e Malu Prado / Campo Grande News

O professor José Borges da Silva, que foi o segundo colocado na eleição da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação em Mato Grosso do Sul), ocorrida em abril, disse hoje que o impasse judicial entre os candidatos acabou por prejudicar as negociações trabalhistas envolvendo a categoria no Estado. Com a decisão de formar uma diretoria pluripartidária com cargos para todos os candidatos, José Borges acredita que foi a melhor opção.
Na opinião dele, o acordo foi preciso em função do tempo prolongado em que o caso corre na justiça e que deixou a entidade sem representatividade. Um dos problemas do período, segundo Borges, foi o concurso que o governo abriu para contratação de professores e que não contempla os funcionários técnico-administrativos da educação. Os técnicos, conforme Borges, não chegaram ao acordo com o governo, que teria se aproveitado do impasse e não incluiu a categoria.
Outro fator prejudicado, de acordo com o professor, é que o Estado vem fazendo reposição salarial com base no valor da regência, sendo que o sindicato defende que o reajuste seja feito no valor do vencimento. Em relação à Cassems (Caixa de Assistência aos Servidores), na opinião de Borges, também houve reflexos negativos para a categoria. A paridade está divida em 3% para o governo e o segurado tem destinado 5,5%. Os sindicalistas defendem que haja paridade e que o governo e os servidores contribuem o mesmo valor.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)