Cassilândia, Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019

Últimas Notícias

21/10/2019 14:30

Impasse entre governos e União trava negociação, diz Reinaldo

Campo Grande News

 

“Não dá para ter uma ideia de quanto será e nem se terá”. Esta foi a resposta do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) sobre a quantas andam as negociações dos gestores estaduais com o governo federal sobre os recursos de compensação das perdas impostas pela Lei Kandir. O chefe do Executivo explicou que o impasse entre governadores e a União não foi superado.

Conforme apurou o Valor Econômico, na semana passada, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), afirmou que a equipe econômica do governo deu o recado: não haverá mais este ano o repasse de cerca de R$ 4 bilhões a Estados e municípios, relacionados ao Fundo de Apoio às Exportações, o FEX, e valores previstos na Lei Kandir.

A mudança se deu em espécie de retaliação à mudança feita pela Casa no texto da reforma da Previdência. Na primeira votação, senadores derrubaram alterações nas regras do pagamento do abono salarial, o que representa R$ 76,4 bilhões da economia calculada pelo governo.

Reinaldo disse que o governo, portanto, não pode contar com os recursos. “Existe uma grande discussão no grupo dos governadores. O ministro Paulo Guedes [da Economia] havia feito compromisso com os Estados de transferir R$ 4 bilhões via FEX e Lei Kandir. Agora, está dizendo que os recursos estão dentro do bônus de assinatura e os governadores não concordam”, explicou Reinaldo que esteve a última vez em Brasília (DF) para o Fórum Nacional de Governadores no dia 8 de outubro.

O governo de Mato Grosso do Sul deve receber R$ 252,7 milhões da divisão dos recursos oriundos do excedente da exploração de petróleo do pré-sal.

A lei que distribui entre estados e municípios parte do bônus de assinatura do leilão de campos excedentes do pré-sal, foi sancionada e publicada em edição extra do DOU (Diário Oficial da União) no dia 17.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 22 de Novembro de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Quinta, 21 de Novembro de 2019
08:20
Cassilândia
06:45
Cassilândia
Quarta, 20 de Novembro de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)