Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

12/08/2005 07:10

Impacto do aumento do salário é de R$ 16 bilhões

Érica Santana - Agência Brasil

O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, disse hoje (11) que o aumento do salário mínimo de R$ 300 para R$ 384,29 aprovado pelo Senado Federal terá impacto de R$ 16 bilhões nas contas da Previdência só este ano.

De acordo com Bernardo, não basta aprovar o aumento: é preciso definir os recursos para o pagamento. \"Essa é a crítica que nós temos feito. Uma votação como essa não pode se dar por critérios políticos, por meio de uma briga política. Nós temos que fazer a conta e dizer de onde vai sair o dinheiro\", argumentou. Ele ressaltou também que a inviabilidade de pagar o mínimo não se restringe apenas ao governo federal mas também aos estados e municípios.

O ministro informou que, além do reajuste aprovado ontem, o Senado já teria estabelecido novo aumento do salário mínimo para R$ 561 a partir de maio do ano que vem, o que, segundo ele, paralisaria os projetos sociais do governo e aumentaria a carga tributária.

\"Quem vai pagar essa conta não é o governo. É o cidadão. O contribuinte e as empresas. Pagar isso significa que o governo teria que parar de fazer praticamente todos os seus programas sociais e investimentos e ainda teria que aumentar impostos, o que ninguém aceita\", explica.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)