Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

08/03/2006 16:07

Imap analisou 2,8 mil processos de licenciamento em 2005

Aline dos Santos / Campo Grande News

Durante o ano de 2005, o Imap (Instituto de Meio Ambiente Pantanal) analisou, vistoriou e concluiu 2.889 processos de licenciamento para instalação de empreendimentos urbanos ou rurais em todo Mato Grosso do Sul.
Na Gerência de Recursos Florestais deram entrada 1.553 processos, enquanto na Gerência de Controle Ambiental outros 1.336.
Dos 1553 processos analisados pela Gerência de Recursos Florestais, 141 se referiam ao aproveitamento de material lenhoso, 118 solicitavam declaração de área degradada, 70 de exploração vegetal, 5 sobre projeto de assentamento de reforma agrária, 235 de queimas controladas, 60 pedidos de renovação de autorização de supressão vegetal, 5 cartas consultas, 62 regularizações de reserva legal, 6 de atividade de carvoejamento (fabrico do carvão) e 802 para desmatamento (supressão vegetal).
Na Gerência de Controle Ambiental a atividade agropastoril registrou o maior número de processos: 478, seguida pela infra-estrutura com 376, industrial com 295, mineração com 156 e turismo com 31. No caso da atividade agropastoril, a autorização ambiental é a licença mais emitida.
O Imap é o órgão gestor da política ambiental do governo do Estado, autarquia ligada à Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)