Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/02/2016 17:00

Igreja russa paga dívida de R$ 15 mil com orações

24 Horas News
Igreja russa paga dívida de R$ 15 mil com orações

Uma igreja ortodoxa russa encerrou uma dívida de 300 mil rublos (R$ 15 mil) em troca de orações pela saúde dos credores.

O caso envolveu a diocese, localizada na cidade de Nizhny Novgorod, a quinta maior do país, e uma construtora. A companhia havia instalado um sistema de calefação em um dos edifícios da instituição religiosa, informou o site de notícias russo Znak.

A igreja alegou, no entanto, que só tinha dinheiro para pagar metade da dívida total ─ de cerca de 916 mil rublos (R$ 46 mil).

Antes de a briga ser levada aos tribunais, as duas partes chegaram a um acordo quando os donos da construtora, que são fiéis da diocese, aceitaram eliminar parte do débito por orações.

Segundo a Justiça russa, é a primeira vez que um acordo do tipo é realizado.

O departamento jurídico da diocese afirmou ao site de notícias russo Gazeta.ru que a ideia partiu dos próprios credores. “Ficamos surpresos...Eles mesmos vieram com a sugestão", afirmou um representante da igreja.

O diretor de vendas da construtora, Andrei Lepustin, afirmou que os donos da empresa não planejam checar como o acordo será implementado.

"Respeitamos a diocese e somos todos fiéis da Igreja Ortodoxa russa", disse ele ao Gazeta.ru.

"Dependerá da consciência deles implementar (o acordo), mas confiamos neles e já sentimos os frutos das orações, na medida em que os indicadores econômicos da companhia vêm mostrando um desempenho positivo", acrescentou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)