Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

13/02/2016 06:31

Idoso tem 23 dias preso em cisterna : 'sem esperança', diz sobrinha

G1 Bahia
Parte da cisterna desabou e deixou idoso preso (Foto: Acervo pessoal)Parte da cisterna desabou e deixou idoso preso (Foto: Acervo pessoal)

O idoso de 77 anos que ficou preso em uma cisterna enquanto fazia obras dentro de um reservatório localizado em Rio Real, cidade a 204 quilômetros de Salvador, está preso no local há 23 dias. Uma das sobrinhas da vítima diz que ainda não desistiu de tirar o tio, mas acredita que ele não está mais vivo.
"Não temos mais esperanças que ele esteja vivo por conta da idade. A gente quer tirar o corpo dele para dar um enterro digno", disse Fernanda Silva.


O caso ocorreu em 20 de janeiro e, até esta sexta-feira (12), o homem estava preso no local que possui cerca de 25 metros de profundidade. Quando a situação ocorreu, o Corpo de Bombeiros tentou fazer o resgate, mas por conta da instabilidade no solo e na cisterna, não houve possibilidade de tirar o idoso do local.

No dia 29 de janeiro, a Defesa Civil do Estado acionou o engenheiro e professor da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Luís Edmundo Campos, que foi analisar a situação em Rio Real. De acordo com o ele, a realização do resgate é complicada e serão necessárias outras intervenções no local além disso, o terreno é instável.


"Se um bombeiro tentar fazer o resgate pode ocorrer outro acidente. A Defesa Civil estadual solicitou minha ida à cidade e emiti um relatório para que eles pudessem fazer o resgate do corpo. O que foi definido, não tive notícias. Sugeri dois caminhos para o resgate, fazer uma escavação externa para ter condições dos bombeiros retirarem o corpo em uma condição favorável e a de colocar um tubo internamente. Só que para não comprometer a estrutura do local, o tubo só poderia ter 70 centímetros de diâmetro e, assim, seria complicado tirar uma pessoa nessas condições, seria complicado para os bombeiros", explicou.

Conforme o posicionamento do Corpo de Bombeiros, eles são designados para fazer o resgate e caso sejam necessárias obras no local, elas devem ser feitas pela Defesa Civil do estado ou do município. O Corpo de Bombeiros ainda destaca, assim como o engenheiro, que o local está complicado para fazer o resgate e que outra vida estaria em risco, caso o resgate fosse feito sem os cuidados necessários.


A Defesa Civil do Estado informou que o relatório do professor já foi repassado, mas eles ainda não sabem quais os procedimentos que serão adotados para o resgate. Disse ainda que já estão cientes da urgência da situação e que devem dar informações mais detalhadas sobre os próximos passos na segunda-feira (15).


Conforme a sobrinha da vítima, o idoso era bastante conhecido na cidade e alguns moradores se propuseram a ajudar. "Meu tio fazia trabalhos para todos aqui na cidade, fico triste porque ele ajudava todo mundo e quando foi ele que precisou de ajuda, muitos deram as costas. Ainda bem que alguns empresários daqui da região se comoveram e disseram que se for necessário pagam a hora [de trabalho] da retroescavadeira, mas eles precisam ser coordenados, saber o que deve ser feito e isso ninguém disse a gente ainda", relatou Fernanda.


A reportagem também entrou em contato com a prefeitura de Rio Real, mas não obteve retorno.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)