Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/05/2006 10:28

IBGE: Escolaridade não impede que mulheres ganhem menos

Aline Beckstein/ABr

As mulheres brasileiras, apesar da maior escolaridade, recebem salários em média 30% menores do que os homens. A informação consta do estudo Sistema Nacional de Informações de Gênero com base no Censo de 2000, divulgado hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Para os técnicos do IBGE, a relação desigual poderia ser explicada, em parte, pela maior inserção das mulheres no setor de serviços e em ocupações de baixa remuneração e qualificação.

As áreas onde as mulheres recebem menos que 70% do rendimento masculino estão concentradas nas regiões centro-oeste, sudeste e sul do país. A maior igualdade de rendimentos, segundo o IBGE, foi observada no Norte e Nordeste, em função do salário ser menor nessas áreas, tanto para homens como mulheres.

O mesmo panorama pôde ser verificado na análise por raça. A desigualdade de rendimentos entre brancos e negros ou pardos é mais expressiva nas regiões sul, sudeste e parte da centro-oeste, e menor na norte e nordeste.

De acordo com o Censo 2000, em todas as regiões os negros e pardos recebem menos que os brancos, um diferencial que poderia chagar a quase 60%. No caso de mulheres negras o Sistema Nacional de Informações de Gênero constatou que "o quadro é ainda mais perverso, pois elas são alvo de dupla discriminação".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)