Cassilândia, Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

22/05/2006 10:28

IBGE: Escolaridade não impede que mulheres ganhem menos

Aline Beckstein/ABr

As mulheres brasileiras, apesar da maior escolaridade, recebem salários em média 30% menores do que os homens. A informação consta do estudo Sistema Nacional de Informações de Gênero com base no Censo de 2000, divulgado hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Para os técnicos do IBGE, a relação desigual poderia ser explicada, em parte, pela maior inserção das mulheres no setor de serviços e em ocupações de baixa remuneração e qualificação.

As áreas onde as mulheres recebem menos que 70% do rendimento masculino estão concentradas nas regiões centro-oeste, sudeste e sul do país. A maior igualdade de rendimentos, segundo o IBGE, foi observada no Norte e Nordeste, em função do salário ser menor nessas áreas, tanto para homens como mulheres.

O mesmo panorama pôde ser verificado na análise por raça. A desigualdade de rendimentos entre brancos e negros ou pardos é mais expressiva nas regiões sul, sudeste e parte da centro-oeste, e menor na norte e nordeste.

De acordo com o Censo 2000, em todas as regiões os negros e pardos recebem menos que os brancos, um diferencial que poderia chagar a quase 60%. No caso de mulheres negras o Sistema Nacional de Informações de Gênero constatou que "o quadro é ainda mais perverso, pois elas são alvo de dupla discriminação".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 20 de Fevereiro de 2017
Domingo, 19 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 18 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)