Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

01/09/2006 20:01

IBGE divulga as estimativas populacionais dos municípios

IBGE

O IBGE divulgou ontem as estimativas das populações residentes nos municípios brasileiros. Esta divulgação é feita anualmente e obedece à Lei complementar nº 59, de 22 de dezembro de 1988, bem como ao artigo 102 da Lei nº 8443, de 16 de julho de 1992.

O Brasil continua com 14 municípios acima de um milhão de habitantes. Em 2006, porém, o país passou a ter 36 municípios com mais de 500 mil habitantes: Aracaju é o mais novo integrante desse grupo.

Fortaleza tornou-se o quarto município mais populoso, ultrapassando Belo Horizonte, que estava em quarto em 2005 e caiu para quinto lugar em 2006. Já Teresina caiu de 20º para 21º lugar, trocando de posição com São Bernardo do Campo, em São Paulo.

Entre as capitais, 15 continuam tendo menos de um milhão de habitantes e Palmas, no Tocantins, continua sendo a menos populosa (220.889 habitantes). São Paulo ultrapassou a marca dos 11 milhões de habitantes e lidera o ranking.

Nas estimativas de 2006, o número de municípios com mais de 400 mil habitantes passou de 48 para 51: Betim (407.003) em Minas Gerias, Florianópolis (406.564), em Santa Catarina e Vila Velha (405.374) no Espírito Santo ingressaram nesse grupo.

Em 2006, o balneário paulista de Guarujá (305.171 habitantes) foi o único município a ingressar no grupo daqueles com mais de 300 mil habitantes, que passaram a ser 79.

Itapevi (202.683) em São Paulo, Arapiraca (202.390) no Alagoas, Hortolândia (201.795) em São Paulo, São José (201.103) em Santa Catarina e Marabá (200.801) no Pará superaram a marca dos 200 mil habitantes, ingressando num grupo que, em 2006, passou a ter 130 municípios.

Em 2006, apenas o município de Castanhal ultrapassou a marca dos 156.217 habitantes, faixa esta que passou a ter 164 municípios. Lembramos que os municípios com mais de 156.217 habitantes estão na última faixa do coeficiente usado pelo TCU no cálculo do Fundo de Participação dos Municípios.

Sinop (103.868), no Mato Grosso, Piraquara (103.574) no Paraná, Trindade (102.430) em Goiás,Santana de Parnaíba (102.224) em São Paulo, Santana (101.864) no Amapá, Paço do Lumiar (101.554) no Maranhão, Marituba (101.356) no Pará, Arapongas (100.855) no Paraná, Araruama (100.378) no Rio de Janeiro, Maranguape (100.279) no Ceará, Erechim (100.251) no Rio Grande do Sul e Muriaé (100.063) em Minas Gerais, entraram para a faixa acima dos 100 mil habitantes que, em 2006, passou a ter 267 municípios.

Borá continua sendo o município com a menor população do País, estimada em 828 habitantes, cinco a mais que em 2005. Já Baliza, que tinha 1.106 habitantes nas estimativas de 2005, passou e integrar o seleto grupo dos cinco (5) municípios brasileiros com menos de mil habitantes: Lagoa Santa (965), Anhanguera (914), Baliza (897), Serra da Saudade (889) e Borá (828).

As presentes estimativas são divulgadas em uma tabela com a população estimada para cada um dos 5.564 municípios brasileiros em 1º de julho de 2006, que também é publicada no Diário Oficial da União, até 31 de agosto de cada ano. Está previsto, ainda, que até vinte dias após a publicação das estimativas, os interessados poderão apresentar reclamações fundamentadas ao IBGE, que decidirá conclusivamente. Em seguida, até 31 de outubro de cada ano, o IBGE encaminha as estimativas ao Tribunal de Contas da União, que as utilizará para o cálculo do Fundo de Participação dos Municípios.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)