Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/11/2007 06:13

IBGE: censo entregue ao TCU dá 792 novos habitantes a MS

Humberto Marques - Campo Grande News

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística finalizou a Contagem da População no País, com a entrega dos resultados do censo no Tribunal de Contas da União. O resultado tem pequenas diferenças relativas a Mato Grosso do Sul, mesmo quanto ao resultado final divulgado em 5 de outubro: a população do Estado “aumentou” em 792 habitantes, passando de 2.265.021 para 2.265.813 habitantes.

Da mesma forma em que houve diferença nos números gerais do Estado, também apareceram diferenças nos municípios. Em Campo Grande, por exemplo, a população teve pequena queda, passando de 724.638 moradores na divulgação de outubro para 724.524 habitantes na publicação do DOU. Também ocorreram flutuações em Corumbá e Três Lagoas, onde as prefeituras contestaram os resultados do censo.

A Cidade Branca, conforme o instituto, tem 96.373 habitantes – ainda abaixo dos 100 mil previstos pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT). Já Três Lagoas viu a população chegar a 85.914 moradores, contra 85.376 habitantes divulgados na finalização dos trabalhos no Estado e 85.113 na primeira prévia, em agosto.

Conforme os dados, as dez maiores cidades do Estado são Campo Grande, Dourados (181.869 habitantes), Corumbá, Três Lagoas, Ponta Porã (72.207), Aquidauana (44.920), Nova Andradina (43.495), Naviraí (43.391), Paranaíba (38.969) e Sidrolândia (38.147). Já as dez cidades com menor população são Taquarussu (3.117, o menor município de Mato Grosso do Sul em número de habitantes), Figueirão (3.280), Jateí (3.808), Corguinho (4.165), Alcinópolis (4.299), Rochedo (4.346), Douradina (4,9 mil), Rio Negro (4.961), Novo Horizonte do Sul (4.967) e Caracol (5.095).

A contagem do IBGE apontou para uma população de 183,9 milhões de habitantes no País. A contagem foi realizada em 5.435 municípios com até 170 mil habitantes. Os dados serão utilizados pelo TCU para o cálculo de quotas do Fundo de Participação dos Municípios a partir de 2009 – já que, para 2008, o Senado aprovou o congelamento dos índices deste ano.

O Sudeste continua a ser a região mais populosa do País, com 77,8 milhões de habitantes (contra 72,4 milhões há sete anos), seguido do Nordeste, com 58,5 milhões, (contra 47,7 milhões nos números anteriores), Sul, com 26,7 milhões (25 milhões na anterior), Norte, 14,4 milhões (12,9 milhões) e Centro-Oeste, com 13,2 milhões (11,6 milhões). O País conta atualmente com 14 municípios com mais de um milhão de habitantes: São Paulo/SP (10,8 milhões), Rio de Janeiro/RJ (6,1 milhões), Salvador/BA (2,8 milhões), Fortaleza/CE (2,43 milhões), Belo Horizonte/MG (2,41 milhões), Curitiba/PR(1,7 milhão), Manaus/AM (1,6 milhão), Recife/PE (1,5 milhão), Porto Alegre/RS (1,42 milhão), Belém/PA (1,4 milhão), Goiânia/GO (1,24 milhão), Guarulhos/SP (1,23 milhão) e Campinas/SP (1,03 milhão).

Pela contagem, 444 municípios perderam FPM em 2007, enquanto 403 terão mais recursos e o restante manterá o patamar observado em 2006. O material com a contagem da população definitiva está acessível no site do IBGE, pelo endereço http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/contagem2007/. Em dezembro, o instituto divulgará o resultado completo da pesquisa, com informações como sexo, idade e migração.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)