Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

03/01/2008 19:13

Iagro encontra 98 casos de ferrugem; Embrapa Soja vê 24

Humberto Marques/Campo Grande News

A Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal de Mato Grosso do Sul contabilizou até esta quinta-feira (3 de janeiro), em seu sistema de monitoramento da ferrugem da soja, a comunicação de 98 focos da doença em propriedades rurais do Estado – quatro vezes mais do que o registrado pela Embrapa Soja, de Londrina/PR, órgão de referência no controle e combate à praga no Brasil. Conforme a assessoria do governo estadual, os dados da Iagro abrangem uma área aproximada de 16 mil hectares, distribuídos entre os municípios de São Gabriel do Oeste, Bandeirantes, Aral Moreira, Antônio João e Dourados.

Glaucy Ortiz, gestora de Defesa Sanitária Vegetal da agência, acredita que a área de impacto ainda pode ser maior, uma vez que a disseminação do fungo causador da doença encontra condições climáticas favoráveis para seu desenvolvimento. Os números revelados pela Iagro são quatro vezes superiores aos identificados pelo consórcio centralizado pela Embrapa Soja de Londrina/PR, que contabiliza os casos da doença em todo o País e que havia comunicado a existência de 24 focos no Estado.

Embrapa Soja e Iagro estão formalizando acordo para complementarem a base de informações. A Embrapa aponta a existência de 24 focos em nove municípios (Antônio João, Aquidauana, Aral Moreira, Chapadão do Sul, Dourados, Jateí, Maracaju, Ponta Porã e São Gabriel do Oeste). Produtores rurais do Estado devem fazer a comunicação da doença à Iagro tão logo seja confirmado o aparecimento da ferrugem. Outras informações estão disponíveis pelo telefone 0800-647-2788.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)