Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/03/2007 14:01

Houve vitória e derrota, diz presidente da Fetems

Maristela Brunetto e Nadyenka Castro - Campo Grande News

Os professores encerram o impasse com o governo estadual sobre o reajuste da regência de classe com vitória e derrota, na análise do presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação), Jaime Teixeira. A vitória, argumentou, foi a garantia do recebimento do valor, e a derrota foi o pagamento com atraso.

Teixeira argumentou que o acordo foi a melhor alternativa, uma forma de evitar que a comunidade fosse penalizada, uma vez que não era descartada paralisação. Segundo o dirigente, a entidade terá um grupo para negociação permanente com o governo.

Uma das prioridades é ter acesso à folha de pagamento de toda a educação, com vistas a desencadear uma discussão sobre reajuste salarial em abril. Será formalizado pedido de acesso à folha.

O grupo de negociação dos professores ainda vai defender no governo a apresentação de leis sobre a educação.

A regência será regularizada na folha de abril e o retroativo aos meses de fevereiro e março- do aumento de 80% para 10%- será pago em outubro e novembro. Ela soma R$ 14 milhões. No estado há 17 mil ativos e 9 mil aposentados.

A proposta do governo não foi aceita por sete sindicatos, incluindo o de Mundo Novo. O presidente da entidade, João Batista da Silva, defendeu a regência por conta da lei e disse que sequer deveria ocorrer o descumprimento e, consequentemente, a discussão.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)