Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

11/07/2005 07:03

Hospital de Dourados oferece atendimento específico

Deniza Gurgel/A Voz do Brasil

Desde março, o Hospital Universitário de Dourados, em Mato Grosso do Sul, oferece uma ala pediátrica específica para o tratamento de indígenas. De acordo com a coordenadora da clinica pediátrica do hospital, Denise Córdova, a ala foi criada após o grande número de óbitos por desnutrição no estado. "Essa iniciativa surgiu num momento não muito bom, em março, quando houve um número muito grande de óbitos de crianças tanto em Dourados quanto na região Sul", informa. "Essa ala foi então aberta inicialmente para o atendimento exclusivo da saúde e das condições de desnutrição de indígenas."

Para o atendimento voltado somente para a população indígena, o hospital de Dourados tem um intérprete, da própria aldeia, que ajuda os médicos a explicarem para os índios a importância dos exames e do tratamento. De acordo com Denise, o interprete ajuda a diminuir a resistência deles ao tratamento.

Além disso, o hospital tem nutricionistas responsáveis pelo preparo de uma dieta específica para os índios. O hospital também realiza palestras para explicar às mães das crianças a importância de inserir alguns alimentos nutritivos que não fazem parte da alimentação dos índios.

Segundo a pediatra, a recuperação das crianças melhorou muito depois que foram internadas no hospital, e as mães puderam acompanhar mais a família. A pediatra conta que, além da melhora na recuperação dos indígenas, as famílias das crianças aprenderam a importância da higiene, alimentação e até sobre o acompanhamento do posto de saúde. "Eles observam a importância de estar sempre fazendo consultas com os médicos e de ter acompanhamento dos agentes de saúde", diz ela.

A pediatra também informou que o hospital está fechando um acordo com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) para que o leite doado na pediatria possa ser entregue aos pacientes, mesmo depois de voltarem para casa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)