Cassilândia, Domingo, 15 de Setembro de 2019

Últimas Notícias

19/08/2019 17:00

Hospital das Clínicas de Botucatu lança manual para pacientes pós-AVC

Redação

Nesta quarta-feira, a Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB) da Universidade Estadual Paulista (Unesp) sediou a cerimônia de lançamento do Manual de Orientações Multidisciplinares para Pacientes Pós-AVC. (CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O MANUAL)

O material busca melhorar o cuidado aos pacientes nessa condição, auxiliar os profissionais da equipe multiprofissional envolvidos no atendimento e fornecer orientações aos cuidadores. A ação, pioneira no interior paulista, é fruto de uma dissertação de mestrado da terapeuta ocupacional da Unidade de AVC Natália Andrade de Camargo, com a contribuição de toda a equipe multiprofissional do setor.

O superintendente do Hospital das Clínicas (HC) da FMB, André Balbi, ressaltou que o lançamento do manual constitui um evento importante, pois mostra a capacidade de as instituições unirem as pessoas. Para o gestor, o material poderá representar um avanço no tratamento da doença dentro da Unidade de AVC do Hospital.

“Hoje, nós somos referência em relação ao tratamento do AVC graças à iniciativa de pessoas como o Dr. Rodrigo Bazan, coordenador da Unidade de AVC do hospital, que tiveram coragem de propor situações novas, que encaramos pelo bem do paciente e da assistência”, disse.

Conhecimento

Para a diretora da FMB, Maria Cristina Pereira Lima, o manual é importante para a própria vida, uma vez que convive com um familiar vítima de AVC. “A publicação é um cuidado, um carinho com as famílias, com os cuidadores. Então, só podemos parabenizar a equipe. Esse trabalho de traduzir a ciência, os protocolos, as diretrizes para uma linguagem que as famílias possam compreender e se beneficiar é um trabalho árduo, mas absolutamente necessário”, enfatizou.

O diretor-presidente da Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar (Famesp), Antonio Rugolo Junior, avalia que o papel da universidade é o de usar a pesquisa para levar conhecimento ao público externo. “O manual atingirá desde as famílias até os profissionais da saúde básica, contribuindo muito para melhorar as condições de vida dos nossos pacientes”, afirmou.

O coordenador da Unidade de AVC do HC, Rodrigo Bazan, relembrou os desafios enfrentados para a implantação do serviço no hospital. “Não fosse o apoio dos gestores, nós não estaríamos onde estamos”, destacou. Para o coordenador, o trabalho multiprofissional na unidade é complementar, com o maior beneficiado sendo o paciente.

O docente do Departamento de Neurologia, Psicologia e Psiquiatria Carlos Clayton Macedo de Freitas, um dos responsáveis pela implantação da Unidade de AVC do local, destacou o fim da década de 1990, quando ainda era residente, e via as limitações no tratamento das vítimas. De acordo com o especialista, esse foi um dos fatores que o motivou a sair do Brasil e trazer as técnicas para o HC, iniciando o trabalho sobre o tema na região.

Equipe

Além da equipe multiprofissional da unidade, composta pelas áreas de Terapia Ocupacional, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Enfermagem, Neurologia, Nutrição, Farmácia, Assistência Social, Psicologia e Cuidados Paliativos, o Núcleo de Educação à Distância e Tecnologias da Informação em Saúde (NEAD.TIS) da FMB também contribuiu para a confecção do manual, realizando toda a parte gráfica do projeto.

O conteúdo também está disponível na livraria da Apple. Em breve, o manual terá edições na versão impressa e será traduzido para a língua inglesa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 15 de Setembro de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Sábado, 14 de Setembro de 2019
20:45
Loterias
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)