Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

26/03/2004 19:46

Hospitais poderão ser obrigados a atender emergência

Agência Câmara

A obrigatoriedade de atendimento emergencial pelos hospitais públicos e privados está prevista no Projeto de Lei 3088/04, apresentado pelo deputado João Caldas (PL-AL). Pela proposta, a recusa de atendimento será caracterizada como omissão de socorro para fins civis e criminais, sujeitando o infrator a punições previstas na legislação e multa, em favor do paciente, no valor equivalente ao montante da despesa cobrada pela entidade onde for atendido.
A proposta determina ainda que as despesas decorrentes do atendimento emergencial serão apresentadas à administradora do plano ou seguro de saúde do paciente ou ao Sistema Único de Saúde.

O autor do projeto argumenta que a vida das pessoas deve ser preservada acima de qualquer consideração de ordem comercial ou contratual. Segundo ele, hoje já se tornou prática em clínicas e hospitais, especialmente nos particulares, recusar atendimento de emergência porque o paciente não tem plano de saúde.
João Caldas lembra ainda que essa recusa muitas vezes atinge vítimas de acidentes ou de mal súbito, com grave risco de o paciente contrair seqüelas ou mesmo de morrer por falta de atendimento.

O projeto será distribuído às comissões competentes.


Reportagem - Mauren Rojahn

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)