Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

18/10/2017 16:30

Horário de verão e treinos: como se adaptar e não perder o ritmo

ATIVO.COM/POR CAMILABROGLIATO
Foto: ShutterstockFoto: Shutterstock

Nos primeiros dias do horário de verão é comum o corpo “reclamar”. Com atletas, então, isso pode ser ainda mais recorrente. Você sente mais sono, mais preguiça e pode achar que seus estão movimentos mais lentos. Mas com algumas dicas simples, é possível driblar estes problemas e continuar sua rotina de treinos sem grandes prejuízos.

Como adaptar os treinos para o início do horário de verão

Durma mais cedo

O sono é quase sempre o mais afetado com a mudança do relógio. Por isso, tente dormir mais cedo para acelerar essa adaptação ao horário de verão. É enquanto dormimos que nosso organismo sintetiza, constrói e se recupera de tudo que fizemos durante o dia.

“Quando não dormimos o suficiente, diminuímos a síntese dos hormônios de crescimento e do cortisol. Isso nos faz acordar mais cansados e também ter dificuldade de raciocínio e sentir mais ansiedade”, explica o especialista em fisiologia do exercício pela Unifesp, Gilberto Coelho.

Mantenha os horários

Mas você não precisa mudar o horário do treino: se insistir nos habituais (por mais que se sinta cansado nos primeiros dias) vai acelerar o processo de adaptação. “Essa adaptação é rápida e pode demorar de um dia a uma semana”, aconselha Marcelo Vieira, treinador da Movementls, em São Paulo.

Para os corredores que acordam cedo ou treinam entre 18h e 20h, o horário de verão traz benefícios, já que o dia estará claro – e isso colabora para diminuir a produção da melatonina, um dos hormônios do sono. Nos sentimos mais despertos e a corrida pode até render mais. E com um plus: com o dia amanhecendo e anoitecendo, quem corre pode ter uma linda vista do céu para inspirar.

Se preciso, pegue leve

Quem treina após as 8h ou depois das 21h pode achar mais difícil obter o mesmo rendimento. É importante caprichar na hidratação e vale até diminuir um pouco o ritmo ou a intensidade dos treinos.

“De dia, as temperaturas estarão mais altas e a umidade relativa do ar mais baixa. Isso pode dificultar um pouco a respiração e aumentar a indisposição. De noite, aumenta a sensação de cansaço e o sono porque é neste período que ativamos a produção da melatonina”, explica Marcelo.

Mas, nada de parar de se movimentar. Vá com calma, mas mantenha o ritmo dos treinos durante o horário de verão. Nosso corpo é como um relógio e se adapta de acordo com nossos hábitos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Sexta, 25 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)