Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

26/03/2011 11:10

Homenagem às mulheres, por Eduardo Sabbag

Bruna Girotto

O professor Eduardo Sabbag escreveu uma poesia em homenagem ao Dia da Mulher. Confira:

A GRAMÁTICA FEMININA

*Eduardo Sabbag **

* No mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, o Professor Sabbag elabora um poema em homenagem à mulher, por ele carinhosamente rotulada de “gênero inclassificável”. Nos versos, o Professor faz curiosas associações do vocábulo “mulher” a elementos gramaticais, cujos desdobramentos podem ser conferidos nas notas de rodapé.


** Eduardo Sabbag: Advogado; Professor de Língua Portuguesa e Direito Tributário na Rede LFG/Anhanguera; Doutorando em Língua Portuguesa e em Direito Tributário, na PUC/SP.





Mulher: dissílaba, na classificação;
oxítona, na acentuação;

Substantivo comum e concreto, na gramática;
Perante todos, um ser “concretamente incomum”.

Do gênero feminino, como substantivo, a mulher faz parte;
Como ser privilegiado, “faz o gênero” que quiser...

Mulher: gênero inclassificável!


Mulher: uma palavra sem a força do acento gráfico,
Mas que soa forte, como o “sim” e o “não” de uma mulher.


Se é dito “eu amo mulher” – o cacófato; se é escrito “mulher docílima” – o superlativo na expressão;

Aos prisioneiros de seus encantos, a paráfrase de Caetano adverte: “dulcíssima prisão”.
Mulher não é verbo;


Se o fosse, de conjugação única, sê-lo-ia... e no tempo verbal “mais-que-perfeito”!
Com efeito, na gramática ou fora dela;


O (vere)dito popular ensina: “Ela é a tampa da panela”.


Mulher: gênero inclassificável!


Mulher: uma palavra com seis distintas letras;
A “alma de mulher”: seis preciosos sentidos...


“Mulher” se escreve assim, no singular;
Mas sempre se “lê”, no plural, “mulheres” – um ser multifacetado que é...


Se “da vida”, a meretriz; se “fatal”, a sedutora; se “com pudor”, o encanto;
Para os desavisados, leia-se: “Mulher não é sexo frágil, só se o quiser...”


Daí o seu poder, um “poder-fato”, e não um “poder-dúvida”, como o de certos homens que não a conhecem, de fato...


Mulher: gênero inclassificável!


Se “mulher-homem”, a opção;
A mulher sem homem, a falta de opção.


Mulher irascível: a TPM;
Homem ao lado de mulher com TPM: a tensão.


Homem abandona mulher, “mulher-superação”;
Mulher abandona homem, “homem sem chão”.


Lugar de mulher, o homem quer decidir;
O homem sem a mulher, perdido sem lugar.


Mulher: gênero inclassificável!


Mulher “dona de casa”, o trabalho árduo;
Mulher dentro de casa, a organização.


Mulher companheira, bem mais que ele;
Mulher fiel, o presente dele.


Mulher casada, o compromisso;
Mulher solteira, a busca disso;


Mulher professora, com quem aprendemos.
Esposa mulher, com quem convivemos.


Mulher: gênero inclassificável!


Mulher se vestindo: para outra mulher;
Mulher no espelho: idem, idem.


Cabelos brancos, tinta;
Olhos e sobrancelhas, pinta.


Coisas de mulher, o segredo;
Traição de mulher, sem segredo.


Mulher: gênero inclassificável!


Mulher moderna, o trabalho;
Mulher no sábado, o salão.


Sonho de mulher, compras irrestritas;
Mulher sonhando, paixão à vista.


Lágrimas de mulher: o mistério;
Mulher em lágrimas: Delegacia da Mulher!


Mulher: gênero inclassificável!


Alma de mulher: Chico Buarque;
Mulher e atitude: Alcione.


“Eu gosto é de mulher”: Ultraje a Rigor;
“Perfume de mulher”: filme de rigor!...


“Mulher de Trinta”, no samba de Miltinho;
A maturidade, em Honoré de Balzac.


Mulher sereia, só dentro d`água;
Mulher “Amélia”: fora...de moda!


“Mulher honesta”, no Código Penal;
Mulher e “gravidezes”, o detalhe do plural.


Mulher: gênero inclassificável!


Mulher grávida, continuidade do amor;
Mulher mãe, o amor contínuo.


Mulher que “dá à luz gêmeos”: gramática em dia!
Ser “mãe-mulher”: uma beleza indizível e, enquanto bela, pleonasmo”.


De tudo, uma notável certeza:
“Mãe-mulher”, de onde viemos;
“Mulher-terra”, pra onde iremos.

Prof. Eduardo Sabbag
Março de 2011

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)