Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/07/2013 11:04

Homem tenta incendiar médico com gasolina, mas não consegue acender o fósforo

Correio do Estado

Eduardo Ferreira da Silva, de 37 anos, foi preso acusado de tentar matar o médico oftalmologista Eduardo de Lacerda Ferreira, de 35 anos. O fato ocorreu por volta das 17h50min de ontem (15), no Hospital São Julião, que fica no Bairro Nova Lima, em Campo Grande.

Segundo testemunhas, o autor mora em Deodápolis e contratou um táxi pelo valor de R$ 350 para trazê-lo até Campo Grande. Chegando no hospital, ele disse que tinha uma consulta e foi acompanhado por uma secretária até a sala do médico.

No momento em que ficou sozinho com o oftalmologista, Eduardo Ferreira disse “lembra o que você fez comigo?”. Em seguida, ele tirou de uma sacola dois litros de gasolina e uma caixa de fósforo.

O autor jogou o produto no médico e tentou acender um palito de fósforo, mas não conseguiu porque a caixa estava molhada com gasolina.

O médico empurrou o homem e o tirou para fora de seu consultório. O autor então foi detido por funcionários do hospital e levado para a delegacia por equipe da Polícia Militar (PM). Com ele também foi apreendida uma faca com 35 centímetros de lâmina.

Aos policiais ele alegou ter contraído uma doença em sua visão depois de fazer um exame solicitado pelo médico.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)