Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

14/02/2014 21:04

Homem que matou ex-namorada esfaqueada em MS mandou flores um dia antes do crime

Midiamax
Homem que matou ex-namorada esfaqueada em MS mandou flores um dia antes do crime

Um dia antes de matar a ex-namorada Jociely Pinheiro, 22 anos, Roberto Dantas da Rocha mandou flores para trabalho da jovem. De acordo com o delegado Alberto Cesar Batista Vieira, 2ª Delegacia de Polícia de Três Lagoas, já foram ouvidas pela polícia várias pessoas que conheciam Jociely e relaram o comportamento possessivo de Roberto. “Ele estava a ameaçando de morte. Inclusive, estava andando armado com dois punhais no carro dele e dizia que se encontrasse ela com outra pessoa a mataria”, diz o delegado.

Ainda conforme Vieira, na madrugada da quinta-feira (14), Roberto invadiu a casa da ex-namorada. Ele pulou o muro com cerca elétrica e arrombou o local. Além de matar Jociely, Roberto também esfaqueou o atual namorado da jovem, Luciano Gomes da Silva, 32 anos. Ele permanece internado no Hospital Auxiliadora em estado grave e corre risco de morte.

Após o crime, Roberto fugiu e ainda arranjou tempo para confessar o assassinato no Facebook. Ele postou mensagens se justificando e até discutindo com amigos que comentaram a postagem. “Os serviços da Polícia Civil estão acompanhando os passos dele, há informações de que ele não estaria mais na região, mas esperamos efetuar a prisão dele nas próximas horas”, diz Vieira.

Segundo o delegado, as funcionárias da loja que Jociely gerenciava relataram que após o episódio do buque de flores, ainda teriam falado para ela não dormir na casa e talvez, esse seja o motivo do atual namorado da jovem estar dormindo no local. “Elas chegaram a relatar que ele teria falado que se ela não fosse dele, não seria de mais ninguém. Era muito possessivo, mesmo durante o namoro. Vivia com suspeitas”, afirma.

Mesmo contando às pessoas próximas sobre as ameaças do ex-namorado, a jovem não registrou a na polícia. “É um erro, talvez se ela tivesse procurado a polícia, poderia ter requerido uma medida protetiva e isso poderia não ter acontecido”, conclui o delegado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)