Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

29/01/2010 06:17

Homem que atirou em ex-mulher e matou a mãe dela é preso

João Humberto, Campo Grande News

Na tarde de ontem foi preso em Juti Cícero Adriano de Oliveira, 29 anos, acusado de ter matado a sogra e ferir a ex-mulher com tiros. O crime aconteceu ontem, às 21h30, em Ponta Porã, cidade que faz fronteira com o Paraguai.

Cícero, que já tem várias passagens pela polícia por ameaça, agressão física, perturbação do sossego e violência doméstica, teria chegado à casa da ex-sogra, Nadir Cardoso de Magalhães, de 47 anos, a procura de sua ex-mulher, Samara Cardoso Magalhães, 19 anos.

Informações repassadas por testemunhas à polícia esclarecem que o casal teria se separado há um tempo em consequência das constantes agressões que Samara sofria.

Na casa de Nadir, o rapaz matou um cachorro que era da dona da casa. Na sequência ele atirou contra as mulheres e fugiu.

Nadir foi atingida no braço direito e na cabeça e morreu sentada no sofá. Samara foi baleada no abdômen e perna direita, socorrida e internada no Hospital Regional de Ponta Porã, onde permanece, fora de risco.

Localização - No final da manhã desta quinta, um telefonema anônimo ao 2º Distrito Policial de Ponta Porã informou que Cícero havia sido visto na praça central de Amambai. A informação foi repassada à Delegacia de Polícia Civil, que passou a atuar no caso.

Em um ponto de moto táxi da cidade, a Polícia Civil levantou a informação de que um mototaxista fez corrida a Juti no valor de R$ 120. O passageiro era um rapaz com as características de Cícero.

Como os policiais já tinham a informação de que Cícero teria familiares em Naviraí, cujo caminho passa por Juti, foi montada uma operação para localizá-lo. .

De acordo com a Polícia Civil, chegando ao município de Juti o autor ligou para supostos familiares das vítimas em Ponta Porã, proferindo ameaças. O número do telefone foi passado à polícia e investigadores da Delegacia de Amambai constataram que a ligação foi feita de um telefone público existente próximo a agência dos Correios de Juti.

Segundo a polícia, Cícero foi preso por uma equipe de PM de Juti quando se preparava para embarcar em um ônibus que seguia a Naviraí. Ao ser preso, o rapaz confessou o crime e disse ter pegado a arma de um vigia de posto de combustível. O revólver foi devolvido.

Após a prisão, Cícero Adriano foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Juti, onde acabou sendo autuado em flagrante pelos crimes de homicídio doloso e tentativa de homicídio doloso. (Com informações do site A Gazeta News).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)