Cassilândia, Segunda-feira, 28 de Maio de 2018

Últimas Notícias

13/09/2014 08:58

Homem preso pela polícia confessa assassinato de jovem homossexual em GO

Marcelo Brandão, Agência Brasil

 

A Polícia Civil de Inhumas (GO) prendeu hoje (12) o assassino do jovem João Antônio Donati, de 18 anos. De acordo com o Humberto Teófilo, delegado responsável pelo caso, Andrie Maicon Ferreira da Silva, de 20 anos, confessou a autoria do assassinato. Andrie vai responder ao processo na prisão.

O corpo de João Antônio Donati, de 18 anos, foi encontrado no dia 10 de setembro em um terreno baldio, depois de buscas de parentes e amigos preocupados com seu desaparecimento, que saíra de casa na terça-feira (9) para trabalhar e não retornara.

Documentos encontrados próximos à vítima levaram à solução do caso. Um dos documentos pertencia a Andrie, que trabalha em uma fazenda próxima e foi reconhecido por testemunhas. Ele foi visto próximo ao terreno baldio no dia da morte de Donati. Uma vez identificado, sua prisão temporária foi decretada. Na prisão, confessou o crime.

Andrie relatou que manteve relações sexuais com a vítima nas proximidades ao Estádio Municipal de Inhumas. Durante a relação, os dois se desentenderam e começaram a trocar agressões. Andrie, então, enforcou Donati, matando-o. Em seguida, colocou pedaços de plástico na boca da vítima. Em seu relato, ele explicou que o motivo do desentendimento começou quando a vítima sugeriu inverter as posições no ato sexual.

A polícia informou que o assassino chegou a prometer pagamento pelo programa sexual. Embora Andrie diga que foi um encontro casual, a polícia investiga se os dois já haviam mantido contato outras vezes. A polícia ainda vai colher depoimentos de testemunhas e pessoas próximas à vítima.

Segundo o delegado, com a prisão de Andrie, não há muitos indícios de crime de homofobia, uma primeiras linhas de investigação para o assassinato de Donati. Ontem, a ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH), Ideli Salvatti, defendeu uma legislação "adequada para coibir e punir os casos em que a questão homofóbica se manifeste", após a divulgação da morte de Donati e do incêndio no Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Sentinelas do Planalto, em Santana de Livramento (RS), onde haveria uma cerimônia coletiva, com o casamento de 28 casais heterossexuais e de duas mulheres.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 28 de Maio de 2018
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)