Cassilândia, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

15/03/2010 19:14

Homem pega 20 anos por enforcar e queimar prostituta

Campo Grande News/ Edivaldo Bitencourt

O Tribunal do Júri de Porto Murtinho condenou a 20 anos de reclusão em regime fechado Marcelino Alves Corrêa por ter enforcado e tear ateado fogo, após uma briga por R$ 50, em Viviane Aparecida Cáceres Franco, 18 anos. A sentença é do juiz Giuliano Maximo Martins. O julgamento aconteceu no dia 11 deste mês.

Corrêa matou Viviane no dia 7 de junho do ano passado. Conforme a denúncia do MPE (Ministério Público Estadual), ele e a vítima estavam tomando bebida alcoólica no bar Piringão. Em seguida, por R$ 20, ela aceitou fazer sexo com Marcelino.

No entanto, sob efeito do crack, ele teria percebido que sumiu R$ 50 de seu bolso. Ele usou as mãos para asfixiar a vítima, causando-lhe a morte. A promotora Isabella Albuquerque dos Santos, ele ainda usou uma tábua de cortar carne para bater a cabeça da vítima.

Após matar a mulher, ele ateou fogo no colchão. Segundo, teve parte do corpo que foi 90% queimada. Ele fugiu na bicicleta da vítima.

A sessão de julgamento durou quase 7 horas, tendo o corpo de jurados acolhido a tese do Ministério Público Estadual, que sustentou a condenação por homicídio triplamente qualificado.

Quanto aos crimes conexos, em concordância com pedido do MP e da defesa, houve absolvição do delito descrito no artigo 33, parágrafo 3º da Lei de Drogas. Os jurados, acolhendo tese defensiva, também absolveram o acusado quanto ao crime de furto e reconheceram a tentativa com relação à destruição de cadáver.

Da referida decisão cabe recurso, no prazo de cinco dias, tendo sido negado ao réu o direito de recorrer em liberdade.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 22 de Outubro de 2017
Sábado, 21 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Sexta, 20 de Outubro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)