Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

05/03/2010 08:07

Homem leva Polícia à fazenda onde enterrou corpo

Aline Queiroz, Campo Grande News

Suspeito de envolvimento em homicídio, Vanildo de Souza Albres, 46 anos, levou a Polícia à fazenda onde havia escondido o corpo de Edson Afonso Holosbak de Albuquerque, 33 anos. A vítima foi retirada da cova, em uma fazenda na saída para Sidrolândia, em Campo Grande, ontem à noite.

Segundo a Polícia Civil, Albres teve participação na ocultação do cadáver, portanto, responderá pelo crime, cuja pena prevista varia de um a três anos de reclusão. Como não foi preso em flagrante, ele pode aguardar o fim do processo em liberdade.

Albres confessou à Polícia que enterrou o corpo e delatou o autor do homicídio, identificado apenas como Negão.

Na versão dele e de outra testemunha, Albuquerque foi assassinado com um golpe de faca no pescoço e duas machadadas.

O crime ocorreu há cerca de um mês, quando Albuquerque e Negão se desentenderam na fazenda, onde trabalhavam. Depois de beberem em um bar, os dois brigaram, voltaram à propriedade e Alburque foi morto.

Albres e a testemunha estavam com os dois antes do desentendimento que terminou com a morte de Albuquerque. A testemunha correu para o acampamento depois do crime e Albres ajudou o autor a esconder o corpo.

O cadáver estava em uma cova rasa, perto de uma mata na fazenda. Albuquerque foi levado para o local em um carrinho de mão, que foi apreendido, assim como o machado e a enxada usada para cavar o buraco.

Já a faca, não foi localizada. Cerca de quatro dias depois do crime, Negão fugiu do local e disse que só confessaria caso fosse preso.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 11 de Dezembro de 2016
06:04
Fotogaleria
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)