Cassilândia, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018

Últimas Notícias

16/07/2016 14:31

Homem é condenado a 21 anos por matar menina atropelada em MS

G1MS

Um homem de 37 anos, acusado de ter matado atropelado durante perseguição policial Rayane de Amorim Piccelli Pereira, que na época tinha 6 anos, foi condenado a 21 anos e quatro meses de prisão em regime fechado. O crime ocorreu no dia 28 de fevereiro de 2012, no bairro Tarsila do Amaral, em Campo Grande.

Segundo a sentença da 1ª Vara do Júri da capital de Mato Grosso do Sul, o motociclista foi condenado pelos crimes de homicídio qualificado por homicídio duplamente qualificado, com aumento por ter sido vítima uma pessoa com menos de 14 anos.

Além disso, o juiz decidiu manter a prisão preventiva do condenado que fugiu do sistema prisional no dia 2 de maio de 2015. Magno continua foragido. A decisão que aumentou a pena foi no último dia 12 de julho. No primeiro processo, que foi anulado, o acusado havia sido condenado a quatro anos e estava em liberdade.

Entenda o caso
O atropelamento aconteceu durante fuga de Magno que era seguido por uma equipe da Polícia Civil. Ele jogou a motocicleta em direção da vítima que estava de mãos dadas com a irmã. No dia do fato, ele era monitorado porque estava foragido da Justiça. Ele tinha ido buscar a filha na escola.

Ele teria jogado a motocicleta em outra perseguição ocorrida em Rio Verde de Mato Grosso a 194 km de Campo Grande. Naquela ocasião, Santos teria mirado um policial, que conseguiu se desviar. O caso foi registrado como tentativa de homicídio.

De acordo com a Polícia Civil, Santos ainda tem registros por tráfico de drogas em na capital, furto em Coxim, portar drogas para consumo pessoal, perturbação de tranquilidade e desobediência.

Durante o processo, o advogado Marcos Ivan Silva, que defendia o motociclista, entregou o caso para a Defensoria Pública.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)