Cassilândia, Quinta-feira, 19 de Julho de 2018

Últimas Notícias

18/03/2018 13:00

Homem afirma que foi furtado, depois muda versão e diz que emprestou a moto

Redação

M. P. S. de S., 20 anos, é suspeito de furtar J. A. dos S., 39 anos, na rua Guilherme Bezerra em frente ao Clube da Terceira Idade em Cassilândia (MS).

Conforme boletim de ocorrência, a vítima teve a sua moto furtada.

Em patrulhamento pela Rua Acyr Barbosa Sandoval, no cruzamento com a Av. Presidente Dutra, no bairro Vila Izanópolis, os policiais depararam-se com o suspeito, conduzindo a motocicleta que havia sido furtada, e na garupa da motocicleta estava uma mulher.

Em busca pessoal com o suspeito, foi encontrado um garfo com as pontas amassadas, que geralmente é utilizada como chave micha artesanal para ligar a ignição de veículos, e foi encontrado também um celular de marca Samsung, de cor rosa, e a quantia de R$38,05 em dinheiro, uma carteira de identidade, um título de eleitor, e um certificado de dispensa de incorporação.

O suspeito foi encaminhado e entregue na Delegacia de Polícia, sem lesões corporais aparentes, juntamente com a motocicleta e sua respectiva chave, e demais materiais encontrados, para demais providências cabíveis.

Depoimento do suspeito - Ele alegou que estava com a vítima bebendo em um bar (que a Polícia sabe que não funcionou na noite do crime), e que pediu a motocicleta da vítima emprestada para comprar cigarros. Disse também que teria encontrado a mulher, que estava na garupa, na Vila Izanópolis, e perguntado a ela onde comprar cigarros. Ela disse que teria na rodoviária e se ofereceu para ir junto. E quando estavam indo para a rodoviária, foram abordados pela Polícia. 

Depoimento da vítima - A vítima disse que estava bebendo próximo ao Clube da Terceira Idade, que acha que estava mesmo bebendo com o suspeito e outras pessoas, e que de fato emprestou sua moto para alguém, mas que não lembra para quem, pois estava bêbado, e que, em seguida, vieram lhe avisar que sua moto havia sido furtada.

Depoimento da testemunha - A mulher que estava de carona com o suspeito disse que estava na casa de seu cunhado, na Vila Izanópolis, e que seu cunhado lhe pediu para alcançar um capacete, e viu que o cunhado estava conversando com o suspeito, e que quando o suspeito falou que estava indo comprar cigarros, a testemunha quis ir junto, para comprar para si também, e pegou carona com ele.

As informações são da Polícia Civil de Cassilândia. 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 19 de Julho de 2018
09:00
Santo do dia
Quarta, 18 de Julho de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Terça, 17 de Julho de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)